RéVEILLON

Covid-19: Recife substitui queima de fogos e shows por espetáculo de luzes no Ano Novo

Este ano não haverá a tradicional queima de fogos de artifício na orla de Boa Viagem

Covid-19: Recife substitui queima de fogos e shows por espetáculo de luzes no Ano Novo

Prefeitura irá montar um show de luzes, que serão projetadas de cima de prédios localizados em pontos estratégicos da cidade - Foto: Foto: reprodução/internet

Para evitar propagação da covid-19, o Ano Novo no Recife não terá queima de fogos ou shows na orla. A confirmação foi dada pela Prefeitura do Recife nesta sexta-feira (11). Em vez dos tradicionais espetáculos de música e fogos de artifício na orla de Boa Viagem, Zona Sul da capital pernambucana, e em outros pontos da cidade, a prefeitura irá montar um show de luzes, que serão projetadas de cima de prédios localizados em pontos estratégicos da cidade para garantir visibilidade ao maior número possível de pessoas, da janela e da varanda de casa. Até a música está garantida. Para embalar o espetáculo luminoso, a Frei Caneca FM preparou uma trilha sonora, que será executada na frequência 101.5 FM à meia-noite.

Com relação ao período natalino, a prefeitura informa que a partir da próxima semana a cidade será decorada para a celebração. As luzes e cores da decoração de Natal estarão no Cais da Alfândega e na Avenida Rio Branco, que ganharão decoração toda suspensa e projeções de símbolos natalinos nas fachadas e árvores, convidando à contemplação à distância, para evitar aglomerações. A árvore de Natal ficará no Cais da Alfândega, com imagens de Jesus Cristo em destaque em cada uma das quatro faces, convidando à renovação da fé no porvir. Para receber os turistas que desembarcam no Aeroporto Internacional do Recife, a Seturel fará receptivo com pastoris, anunciando os festejos do ciclo de Natal, entre os dias 19 e 23 de dezembro, das 14h às 18h.

>>>Vésperas de Natal e Ano Novo: bares e restaurantes funcionarão apenas até as 20h

>>>Covid-19: Festas de Natal e Revéillon estão proibidas em todo o estado de Pernambuco

O ciclo natalino deste ano também será marcado por espetáculos artísticos realizados no Teatro do Parque, nos dias 19 e 20, fechados ao público, por questões de segurança sanitária, mas com transmissão pela internet. Também nos dias 19, 20 e no feriado natalino de 25 de dezembro, as tradicionais freviocas ganham as ruas de todas as Regiões Político Administrativas (RPAs) da cidade, sob a alcunha festiva de Nataliocas, para semear alegria e celebrar as tradições da cultura popular referentes ao período, com a apresentação de pastoris.

“Sabemos que este foi um ano muito desafiador, mas queremos levar amor e alegria à casa das pessoas. Por isso, vamos promover música, luzes e alegria em diversos dias e formas. As pessoas vão poder acompanhar a celebração de Natal pela janela de casa, pela internet, televisão e pelo rádio”, afirmou a secretária de Turismo, Esportes e Lazer do Recife, Ana Paula Vilaça.

“Vamos ter que nos adaptar às novas regras impostas pela pandemia. O Natal vai chegar na casa das pessoas. Vamos usar os recursos da tecnologia da informação. No Teatro do Parque, vamos ter apresentações com transmissão pela internet. Nossas Freviocas vão circular. As pessoas poderão ficar em casa e curtir a programação completa que a Prefeitura está fazendo”, detalhou Diego Rocha, presidente da Fundação de Cultura Cidade do Recife.

Covid-19

Segundo o boletim dessa quinta-feira (11), Recife contabilizava 43.365 casos de covid-19. A capital é o município do Estado com mais registros da doença provocada pelo novo coronavírus. Em Pernambuco, a covid-19 vem avançando com seguidas altas desde o começo do mês. Já são dez dias seguidos com uma média acima de mil, próxima ao pico da pandemia, que se deu entre os meses de abril, maio e junho.

Nesta sexta-feira (11), o Estado de Pernambuco apresentou a maior média móvel de casos desde 4 agosto, quando a média ficou em 1.308. Atualmente, o número médio de confirmações diárias está em 1.276, o 11º dia seguido com o dado acima de mil. A tendência é de alta de 46% em comparação com 14 dias atrás. No pico da pandemia, em 29 de julho, a média de casos foi de 1.451. Para a chegada de 2021, a taxa de ocupação geral do Estado hoje gira em torno de 80,6%, com a permanência média também de três dias.

Decoração da cidade

Com o tema Natal da solidariedade, a decoração deste ano irá colorir e desenhar as árvores e postes da Avenida Rio Branco e do Cais da Alfândega. Nas duas vias, projeções luminosas levarão os símbolos natalinos para fachadas e copas das árvores, imprimindo a magia do Natal sobre a malha urbana e a rotina da cidade para lembrar da urgência dos sentimentos evocados pela festa como a solidariedade e a esperança.

Como nos anos anteriores, a árvore de Natal ficará no Cais da Alfândega, a partir do dia 20, com quatro faces, unidas por esferas luminosas. Em cada face, a imagem de um Jesus Cristo ajoelhado, mãos em prece, se projetará para fora da estrutura, para chegar mais perto dos recifenses, em sintonia com os pedidos de renovação de esperanças, de fé e da chegada de tempos mais amorosos e compassivos.

Tubos de snow led vão adornar a árvore, criando a sensação de uma chuva de luzes caindo do céu. A árvore terá estrutura metálica. As figuras que ilustram a famosa cena do nascimento de Cristo serão feitas em policarbonato.

O projeto de decoração é assinado, pelo sexto ano consecutivo, pelas arquitetas Fabiana Ramalho e Cynthia Lebsa, da Gerência Geral de Arquitetura e Engenharia da Fundação de Cultura Cidade do Recife.

Natal para sempre

Espetáculo que já integra o calendário festivo da cidade, o Natal Para Sempre será transmitido no dia 25 de dezembro, ao meio dia, na TV Jornal. O conto de fadas natalino mistura música, dança e magia e será gravado no Teatro do Parque, dias antes da exibição. O musical, concebido pela bailarina Andréa Carvalho, conta a história de uma menina e um livro mágico, repleta de seres fantásticos como Pinóquio, bonecos de chumbo e bailarinas.

O tradicional espetáculo natalino que costuma reunir milhares de pessoas no Marco Zero há 17 anos acontecerá de forma diferente em 2020. Este ano, será feita uma leitura lúdica do nascimento de Jesus Cristo. O espetáculo será transmitido por meio da TV e de plataformas digitais entre os dias 23 a 26 de dezembro. O filme também estará disponível pelo site, com libras e audiodescrição.

Cancelamentos

Em Pernambuco, alguns municípios já anunciaram o cancelamento das festas de final de ano. A mudança acontece após o decreto do Governo do Estado que proibiu shows e festas de Natal e réveillon em espaços públicos ou privados, por causa do aumento do número de infeções e internações por covid-19.

No final de novembro, a Prefeitura de Caruaru, localizada no Agreste de Pernambuco, anunciou que a programação de Natal e Réveillon da cidade foi cancelada. Além do município, as cidades de Petrolina, no Sertão, e Tamandaré, no Litoral Sul, também afirmaram cancelamento da programação das festividades.

Em Garanhuns, a programação do evento A Magia do Natal também foi cancelada. O evento que teve início no dia 12 de novembro iria até o dia 6 de janeiro de 2021 na cidade do Agreste de Pernambuco. Na última quarta-feira (9), a Prefeitura de Ipojuca informou que a tradicional queima de fogos prevista para o réveillon deste ano em Porto de Galinhas e nas demais praias do município está cancelada. Com a série de mudanças, os hotéis de Pernambuco já registram cancelamentos.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.