FURTO

Homem é preso suspeito de furtar energia em academias do Recife

O desvio de energia aconteceu em academias de ginástica nos bairros de Boa Viagem e da Tamarineira

Homem é preso suspeito de furtar energia em academias do Recife

 

Um homem de 30 anos de idade foi preso pela Polícia Civil em Pernambuco em flagrante delito, na tarde desta terça-feira (15), pelo crime de furto. Ele estaria furtando energia da Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) para o seu estabelecimento comercial. 

O desvio de energia foi identificado em duas unidades de uma rede de academia de ginástica, nos bairros de Boa Viagem e da Tamarineira, no Recife. O gerente do estabelecimento foi conduzido à delegacia para prestar esclarecimentos. A concessionária está calculando o volume de energia recuperada.

>>>Homem com farda de empresa de energia é filmado furtando motocicleta

>>>Aumenta número de mortes por causa de energia elétrica

Irregularidades

A unidade da Tamarineira era reincidente e estava ligada diretamente na rede de distribuição, sem a devida medição de consumo. Após constatar a irregularidade, a Celpe removeu o ramal de ligação responsável pelo suprimento de energia do prédio e está realizando o levantamento da carga que não estava sendo medida. Na academia de Boa Viagem, o medidor estava danificado e parte da carga não estava sendo medida.

Fiança

Um gerente foi conduzido para a delegacia de Casa Amarela. A delegacia informou que o homem foi liberado hoje a tarde mediante o pagamento de uma fiança de aproximadamente 3 mil reais.

A assessoria não passou se este gerente respondeu pelas duas unidades e nem confirmou a liberação do mesmo.

Nota do Polícia Civil na íntegra

A POLÍCIA CIVIL PRENDEU EM FLAGRANTE DELITO, NA TARDE DO DIA (15), PELO CRIME DE FURTO, UM HOMEM DE 30 ANOS DE IDADE. ELE ESTARIA FURTANDO ENERGIA DA CELPE PARA O SEU ESTABELECIMENTO COMERCIAL. O AUTUADO PODERÁ PAGAR FIANÇA E CASO NÃO O FAÇA, DEVERÁ SER ENCAMINHADO À AUDIÊNCIA DE CUSTÓDIA.

-------
Um gerente foi conduzido para a delegacia de Casa Amarela. A delegacia informou que o homem foi liberado hoje a tarde mediante o pagamento de uma fiança de aproximadamente 3 mil reais.

A assessoria não passou se este gerente respondeu pelas duas unidades e nem confirmou a liberação do mesmo.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.