TRANSPORTE PÚBLICO

Greve de ônibus: empresários garantem 70% da frota nas ruas nesta terça (22)


O Metrô do Recife terá horário ampliado a partir de amanhã; saiba mais

Com informações do JC Online
Com informações do JC Online
Publicado em 21/12/2020 às 18:40
Felipe Ribero/JC Imagem
FOTO: Felipe Ribero/JC Imagem
Leitura:

Os usuários de transporte público da Região Metropolitana do Recife devem se preparar para a ausência dos ônibus nas ruas. A partir da 0h, desta terça-feira (22), tem início a greve de ônibus por tempo indeterminado. Mas apesar do movimento organizado pelo Sindicato dos Rodoviários de Pernambuco, o setor empresarial garantiu que vai garantir 70% da frota nas ruas.

>>>Greve de rodoviários tem início nesta terça-feira (22) no Grande Recife

>>>Grande Recife suspende portaria que proibia dupla função de motoristas de ônibus

>>>Ônibus cai de viaduto e deixa 14 pessoas mortas em MG

O percentual seria para os horários de pico da manhã (5h às 9h) e da tarde (16h às 20h) e representaria quase dois mil coletivos nas ruas. No restante do dia a meta é operar com 50% da frota. A informação foi revelada pela coluna Mobilidade, do JC Online.

Greve de ônibus

A mobilização foi decidida após a suspensão projeto de lei que havia sido aprovado na Câmara do Recife, que veta o acúmulo de funções e a dupla jornada que atualmente é feita pelos motoristas, segundo o presidente do Sindicato dos Rodoviários, Aldo Lima.

“Não vamos mais negociar nada. Vamos para a greve e com força total. A categoria está revoltada. Fomos enganados uma vez e não seremos novamente. Como já disse, os empresários de ônibus fizeram todo mundo de besta: os rodoviários, o governo de Pernambuco e até mesmo o Tribunal Regional do Trabalho (TRT da 6ª Região), que mediou o acordo totalmente descumprido”, afirmou Aldo Lima em entrevista ao Jornal do Commercio.

Urbana-PE critica greve

Do lado da patronal, o presidente da Urbana-PE, Fernando Bandeira, afirma que recebeu com indignação a decisão dos rodoviários e que a urbana vem cumprindo com todos os pontos acordados entre as partes.

O presidente disse ainda que a dupla jornada dos motoristas, que acumulam o serviço do cobrador, um dos principais pontos discutidos entre empresas e rodoviários, deve ser mantida. "A dupla função não atrapalha em nada o serviço de transporte. Desde que nós implementamos essa medida, nunca aconteceu nenhum acidente por conta dessa medida", disse.

Metrô amplia horário de pico

Como alternativa para suprir a baixa demanda de ônibus durante a greve, o Metrô do Recife ampliou o horário de pico em uma hora, como detalha o gerente de comunicação do Metrorec, Salvino Gomes. “O nosso pico funciona de 5h30 às 8h30 e das 17h às 20h. O que vai acontecer é: de 5h30 até às 9h30, vamos demorar em mais uma hora para recolhimento de trens do horário de pico. E à noite, a gente começa a recolher às 20h, a gente só vai recolher a partir das 21h”, disse.

Mais Lidas