SÉRIE A

Com pênalti anulado pelo VAR, Sport perde por 1x0 para o Palmeiras

O Leão volta a campo no próximo sábado (16), às 19h, quando encara o Fluminense, no estádio Nilton Santos

Com pênalti anulado pelo VAR, Sport perde por 1x0 para o Palmeiras

Sport teve um pênalti anulado pelo VAR e foi derrotado para o Palmeiras por 1x0, gol de Willian - Foto: Bobby Fabisak/ JC Imagem

Filipe Farias | Twitter: @_filipefarias

O Sport bem que tentou, fez uma boa atuação no primeiro tempo, mas não conseguiu superar o Palmeiras e acabou sendo derrotado por 1x0, neste sábado (9), na Ilha do Retiro, pela 29ª rodada do Brasileirão. O único gol da partida foi marcado pelo centroavante Willian. Com a derrota, o time rubro-negro segue com 32 pontos e aguarda o complemento da rodada para saber se vai perder alguma posição na tabela de classificação.

O Leão volta a campo no próximo sábado (16), às 19h, quando encara o Fluminense, no estádio Nilton Santos (Engenhão), pela 30ª rodada da Série A.

O JOGO

Diferente do que costuma fazer, o Sport iniciou o confronto diante do poderoso Palmeiras atuando de forma propositiva e buscando surpreender nos minutos iniciais. Aos 12, Adryelson estica a bola buscando Patric, mas a bola acaba não cumprindo o seu destino. Entretanto, na sequência, a bola acaba chegando em Dalberto, que acerta uma cabeçada para o gol e obriga Weverton a espalmar para escanteio.

Tranquilamente, aos pouquinhos, o Verdão ia avançando suas linhas em busca de construir suas jogadas ofensivas. Aos 16, o primeiro a arriscar foi Zé Rafael, que finalizou de fora da área para defesa de Luan Polli.

Não demorou muito e, dez minutos depois, os visitantes já estavam na frente do placar. O zagueiro Luan saiu jogando com um longo lançamento buscando Gabriel Veron, livre na direita... Ele avança e cruza rasteiro para Willian dentro da área, que se antecipa a Adryelson e finaliza entre as pernas de Luan Polli: 1x0.

Mesmo saindo atrás, o time leonino seguiu procurando jogar e em busca do seu gol. Aos 41, novamente em bola alçada na área, desta vez por Patric, a bola fica no bate rebate e sem dono, até que chega em Thiago Neves para emendar um potente chute no alto, mas Weverton se esticou todo para salvar o Palmeiras.

A resposta palmeirense foi imediata. Já no minuto seguinte, Zé Rafael ganha disputa com Betinho e parte e contra-ataque... Apesar de ter dois companheiros abertos e pedindo bola, o meio-campista optou pelo chute e mandou por cima da meta de Luan Polli.

No retorno para o segundo tempo, o Palmeiras entrou buscando matar o jogo para evitar maiores complicações. Aos sete, Gabriel Menino recebeu passe pela extremidade direita e arriscou um chute cruzado, despretensioso, mas a bola pegou efeito e Luan Polli teve de entrar em ação para defender.

O segundo gol palmeirense estava maduro. Aos 15, após escanteio cobrado pelo Sport, o Verdão conseguiu emendar um contra-ataque com Breno Lopes, que lança para o lateral Esteves e, depois de carregar a bola, devolve para o próprio Breno Lopes finalizar cruzado, na trave direita de Luan Polli e não entrar.

Apesar de confortável na partida, o técnico Abel Ferreira tratou de colocar os titulares em campo para ampliar a vantagem e garantir os três pontos. Aos 27, Rony é lançado do lado esquerdo, parte pra cima de Rafael Thyere e corta para o meio. Mas, ao invés de chutar, toca para Patrick de Paula vir de trás a acertar um bom chute rasteiro, a bola pega na trave e sai pela linha de fundo. Ótima chance criada.

A equipe paulista seguia 'machucando' o Sport. Aos 32, foi a vez de Breno Lopes acertar um belo chute no canto superior de Luan Polli, obrigando o goleiro rubro-negro a fazer a defesa de mão trocada, colocando para escanteio.

No último minuto do jogo, o Dyorgines Jose Padovani de Andrade enxerga mão de Rony na bola dentro da área e marcou pênalti. Porém, o VAR entrou em ação, chamou o árbitro, que após rever o lance anulou a penalidade. Com isso, o placar permaneceu 1x0.

Ficha do jogo

SPORT

Luan Polli; Raul Prata (Gómez), Rafael Thyere, Adryelson e Júnior Tavares (Sander); Marcão (Ewerthon), Betinho (Ricardinho) e Thiago Neves; Patric, Marquinhos (Hernane) e Dalberto. Técnico: Jair Ventura.

PALMEIRAS

Weverton; Emerson Santos, Luan, Kuscevic e Lucas Esteves (Danilo); Zé Rafael (Patrick de Paula), Raphael Veiga (Alan Empereur) e Lucas Lima (Rony); Gabriel Veron (Gabriel Menino), Breno Lopes e Willian. Técnico: Abel Ferreira.

Local: estádio da Ilha do Retiro, no Recife (PE).
Árbitro: Dyorgines Jose Padovani de Andrade (ES)
Assistentes: Fabiano da Silva Ramires e Vanderson Antonio Zanotti (ambos do ES)
Gols: Willian, aos 26 do 1º tempo.
Cartões amarelos: Rafael Thyere, Thiago Neves, Marcão (SPT) e Lucas Lima, Gabriel Menino, Kuscevic (PAL).

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.