TRISTEZA

Familiares prestam homenagem à veterinária que morreu com suspeita de Síndrome de Haff

De acordo com a mãe da vítima, a veterinária Priscyla Andrade, de 31 anos, morreu por causa da Síndrome de Haff

Familiares prestam homenagem à veterinária que morreu com suspeita de Síndrome de Haff

Priscyla Andrade adquiriu a doença após ingerir um peixe da espécie Arabaiana - Foto: Reprodução/TV Jornal

Com informações de Vanessa Moura, do JC Online, e da TV Jornale

Os familiares e amigos de Priscyla Andrade, de 31 anos, utilizaram as redes sociais para prestar homenagens, nesta terça-feira (02), à médica veterinária. De acordo com a mãe da vítima, a filha dela teria falecido com suspeita de complicações da Síndrome de Haff, a "doença da urina preta", após consumir um peixe da espécie arabaiana e ficar internada em um hospital particular no Recife desde quando passou mal. 

Através do Instagram, a mãe da veterinária, Betânia Andrade, se despediu da filha. "O céu hoje estará te recebendo com muita luz na casa do Pai", começou a empresária. "Aqui, jamais esqueceremos da sua humildade, caráter, da sua eficiência como profissional. Seu sorriso vai ficar na minha memória eternamente. Te amamos", declarou. 

A empresária Flávia Andrade publicou um vídeo com alguns momentos da veterinária em eventos de vaquejada para homenagear a irmã. Flávia também ficou internada depois ingerir o mesmo peixe que a irmã. Ela teve sequelas mais leves e teve alta em 24 de fevereiro. ''Minha eterna estrelinha'', diz na legenda da publicação.

Quem também se despediu de Priscyla foi uma das irmãs dela. A estudante de medicina, Alyne Andrade, fez questão de ressaltar as características que mais gostava na irmã e declarou amor eterno.

> Síndrome de Haff: Pernambuco registrou 15 casos da doença da urina preta, nos últimos cinco anos

"A vida é um sopro, e você aproveitou cada minuto com sabedoria, ajudou muita gente e continuará ajudando do seu jeitinho ao lado de papai do céu (...) Fizeste tua missão aqui na terra, fizeste história, e você sabe disso, tanto é que és muito querida por todos, és uma batalhadora e guerreira, uma profissional competente, estudiosa e dedicada. Que os anjos te recebam com muito amor, e sei que você será meu anjinho da guarda e estará a todo momento ao meu lado me guiando e ajudando no que for necessário. Eu te amo muito, te amarei em todas as vidas", escreveu.

O que é a Síndrome de Haff?

doença de Haff é uma doença rara que acontece de forma repentina e que é caracterizada pela ruptura das células musculares, o que leva ao aparecimento de alguns sinais e sintomas como dor e rigidez muscular, dormência, falta de ar e urina preta, semelhante à café.

> Síndrome de Haff: especialista detalha toxina presente no peixe e fala sobre a doença

As causas da doença de Haff ainda são discutidas, no entanto acredita-se que o desenvolvimento da doença de Haff seja devido a alguma toxina biológica presente em peixes de água doce e crustáceos.

> Síndrome de Haff: Entenda o que a doença causa, por que a urina fica escura e como se prevenir

“O que chama atenção? O peixe não foi armazenado de forma adequada nem tratado de forma adequada. Aí ele vai produzir uma toxina. Você come o peixe, não nota que tem essa toxina, o gosto não tem alteração, mas, poucos dias depois, você começa a ter a dor muscular intensa e a urina ficando preta, devendo procurar de imediato uma unidade hospitalar, quando isso acontecer”, analisou o médico infectologista Filipe Prohaska, em entrevista à TV Jornal.

 

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.