ALERTA

Estudo mostra que Ivermectina não tem efeitos contra a covid-19

Ivermectina é um dos remédios que costumam ser indicados por quem recomenda "tratamento precoce" contra a covid-19

Estudo mostra que Ivermectina não tem efeitos contra a covid-19

Ensaio clínico concluiu que o remédio não melhora os sintomas da doença - Foto: Dirceu Portugal/Estadão Conteúdo

Médicos colombianos divulgaram um ensaio clínico sobre o uso da ivermectina no tratamento contra covid-19, nessa quinta (4).

Aprovado pela Anvisa colombiana, o estudo foi publicado no Journal of The American  Medical association (JAMA).

Testes

476 pacientes participaram dos testes. 238 tomaram ivermectina e 238 receberam placebo, entre 19 de setembro e 15 de outubro de 2020. 79% dos pacientes que receberam placebo estavam curados após o 21º dia de infecção contra 82% dos pacientes que usaram a ivermectina.

 

>> Mais de 90% dos pacientes de covid-19 internados em UTIs do RN usaram Ivermectina, denuncia infectologista

>> Fabricante da Ivermectina afirma que medicamento não tem nenhuma evidência de eficácia contra covid-19

 

Resultados

Mesmo com limitações, os médicos concluíram ineficácia do medicamento na cura da covid-19 nos pacientes com sintomas leves da doença, como tosse, dor de cabeça e alterações do olfato e paladar.

"Entre os adultos com COVID-19 leve, um curso de ivermectina de 5 dias, em comparação com o placebo, não melhorou significativamente o tempo para resolução dos sintomas. Os resultados não apoiam o uso de ivermectina para o tratamento de COVID-19 leve, embora estudos maiores possam ser necessários para compreender os efeitos da ivermectina em outros resultados clinicamente relevantes", conclui o ensaio publicado.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.