CAMPEONATO PERNAMBUCANO

Sport bate o Vitória e assume a vice-liderança do Pernambucano

Equipe leonina venceu o Tricolor das Tabocas por 3x0, no estádio da Ilha do Retiro

Sport bate o Vitória e assume a vice-liderança do Pernambucano

Adryelson abriu o placar para o Sport diante do Vitória - Foto: Alexandre Gondim/ JC Imagem

Rádio Jornal

Sem muitas dificuldades, a equipe do Sport fez o dever de casa e bateu o Vitória pelo placar de 3x0, na noite desta quarta-feira (14), no estádio da Ilha do Retiro, pela sexta rodada do Campeonato Pernambucano. Adryelson, Thiago Lopes e Mikael marcaram os gols do triunfo rubro-negro. Com os três pontos conquistados, o time leonino agora ocupa a vice-liderança da competição, com 11 pontos conquistados.

O Leão volta a campo no próximo domingo (18), quando encara a equipe do 7 de Setembro, às 18h, no estádio Lacerdão, em Caruaru, pela 7ª rodada do Estadual.

O JOGO

Com uma equipe superior tecnicamente, o Sport procurou impor o seu ritmo diante do Vitória já nos primeiros minutos. Logo aos 45 segundos de jogo, o goleiro Preto já tinha feito uma grande defensa, quando Thiago Lopes cruzou na medida para Tréllez cabecear para o chão e obrigando o camisa 1 a fazer a intervenção.

As chances rubro-negras só estavam começando a serem criadas. Aos cinco, foi a vez de Neilton levar perigo ao arriscar um chute da entrada da área e a bola passar raspando a trave esquerda do arqueiro do Vitória.

Diante da pressão inicial do Leão, os jogadores do Tricolor das Tabocas passaram a amarrar mais a partida, demorando para repor a bola, na tentativa de esfriar os ânimos dos donos da casa. E, com essa estratégia, o Vitória ainda conseguiu incomodar o goleiro Maílson. Aos 19, Léo Carioca cobrou uma falta rasteira, mandando a bola cheia de curva e o arqueiro leonino espalmou para escanteio.

O Sport passou em encontrar dificuldade para penetrar na zaga do Vitória, que se retraiu no seu campo defensivo e bloqueava as investidas rubro-negras. Diante disso, o Leão achou na bola parada a arma necessária para abrir o placar. Aos 36, Patric cobrou falta lateral alcando bola na área, Adryelson saltou mais que os adversários e testou mandando a bola para as redes: 1x0.

Minutos depois, quase o placar era ampliado. Aos 39, Tréllez recebe bola dentro da área, domina e chuta forte. A bola desvia em Rogério e ganha a direção do cantinho da barra, mas o goleiro Preto foi ágil e desviou para escanteio.

O Sport iniciou a etapa complementar da mesma maneira que começou o jogo, impondo um ritmo forte. Mas, desta vez, encontrou o gol mais rapidamente. Aos oito, Maidana roubou a bola no meio de campo e abriu para Patric que disparava pela direita. O lateral, com liberdade, cruzou na medida para Thiago Lopes subir sozinho e cabecear certeiro para o gol: 2x0. 

Atrás do marcador, o Vitória se viu obrigado a se expor mais na partida e, com isso, dava mais espaço para o Sport contra-atacar. Aos 16, após cobrança de escanteio, Maílson fez a defesa e já ligou o contra-ataque acionando Patric pela direita. O lateral tocou para Toró ganhar do adversário na velocidade, mas acabou esticando demais a bola e permitiu que o goleiro Preto tirasse parcialmente no carrinho. Na sobra, o próprio Patric pegou o rebote e cruzou pra Tréllez dominar no peito, mas finalizar pra fora.

O Leão estava disposto a golear. Aos 30, Maxwell que tinha acabado de entrar, recebeu passe na entrada da área e disparou uma boma de fora da área e o goleiro Preto colocou para escanteio. Na cobrança do tiro esquinado, aos 31, a zaga do Vitória afastou parcialmente e, na sobra, Maidana é lançado como se fora um ponta e cruzou rasteiro para Mikael, que só teve o trabalho de empurrar a bola pro gol: 3x0.

Mesmo pressionando até o final, os rubro-negros não conseguiram mais balançar as redes e o placar foi mantido. 

Ficha do jogo

SPORT

Maílson; Patric, Maidana, Adryelson (Chico) e Sander; Marcão, Betinho (Ronaldo) e Neilton (Maxwell); Thiago Lopes, Toró (Gustavo) e Tréllez (Mikael). Técnico (auxiliar): César Lucena.

VITÓRIA

Preto; Léo Fernandes (Careca), Danilo Quipapá, Edvan e Léo Carioca; Rogério, Paulinho, Welington (Diogo Peixoto) e Leozinho (Vitor Carlos); Rogerinho (Matheus Brito) e Azul. Técnico: Laelson Lopes.

Local: estádio da Ilha do Retiro, no Recife (PE).
Árbitro: Nairon Pereira de Lira
Assistentes: Karla Renata Cavalcanti de Santana e Matheus Valentim da Silva.
Gols: Adryelson, aos 36 do 1º tempo. Thiago Lopes, aos oito; e Mikael, aos 31 do 2º tempo.
Cartões amarelos: Betinho, Chico (SPO) e Preto (VIT). 

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.