BENEFíCIO

Teve o novo auxílio emergencial negado? Prazo para contestar encerra nesta quinta (22); saiba como

Os pedidos para ser incluído na lista de beneficiários do novo auxílio emergencial devem ser feitos na internet

Teve o novo auxílio emergencial negado? Prazo para contestar encerra nesta quinta (22); saiba como

Novo auxílio emergencial está sendo pago pelo governo federal - Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Com informações da Agência Brasil

O prazo para o trabalhador que teve a nova rodada do auxílio emergencial negada no último dia 10 de abril tem até esta quinta-feira (22) para contestar a decisão. Os pedidos devem ser feitos através do Portal de Consultas da Dataprev, que fornece a relação de quem teve o benefício liberado em 2021. A lista foi divulgada pelo Ministério da Cidadania no último dia 12. Desde então, o trabalhador tem até dez dias para questionar o resultado, alterar informações e pedir novamente o direito de receber o novo auxílio emergencial.

A contestação, no entanto, não pode ser feita por qualquer beneficiário. Só pode pedir a reativação do benefício quem recebia o auxílio emergencial de R$ 600 ou a extensão de R$ 300 em dezembro do ano passado. O prazo para novos pedidos de benefícios acabou em 3 de julho do ano passado e não foi reaberto pelo governo federal.

Como contestar?

O pedido de contestação pode ser feito após o trabalhador fazer a consulta no site da Dataprev e constatar que teve o novo auxílio emergencial cancelado. Caso o resultado dê “inelegível”, a própria página oferecerá a opção de “contestar”, bastando o trabalhador clicar no botão correspondente.

> Calendários do auxílio emergencial 2021 e do Bolsa Família voltam, após pausa do feriado

O sistema aceita somente pedidos considerados passíveis de contestação do novo auxílio emergencial, que permitem a atualização das bases de dados da Dataprev, como data de nascimento errada, CPF não identificado e informações incorretas sobre vínculos empregatícios e recebimento de outros benefícios sociais e trabalhistas. 

Consulta diária

A consulta deve ser feita diariamente na página desenvolvida pela Dataprev dentro do site do Ministério da Cidadania. O trabalhador deverá digitar nome completo, nome da mãe, CPF, data de nascimento e conferir se um novo lote de beneficiários foi liberado. O Ministério da Cidadania divulga os grupos que recebem o novo auxílio emergencial.

Após a divulgação inicial da lista, durante o mês de abril, o Ministério da Cidadania já autorizou 236 mil pessoas para terem direito ao auxílio emergencial 2021, o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, revelou que o pagamento benefício seria de maneira adiantada. As pessoas que fazem parte desse novo grupo e nasceram entre janeiro e maio receberão a primeira das quatro parcelas. Clique aqui e saiba como saber se você está na lista.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.