TRAGéDIA

Governo do Estado e prefeitura decretam luto oficial após chacina em creche de Santa Catarina

Duas vítimas eram professoras da creche Pró Infância Aquarela, em Santa Catarina, e já foram identificadas

Governo do Estado e prefeitura decretam luto oficial após chacina em creche de Santa Catarina

Creche onde aconteceu a chacina no município de Saudades, em Santa Catarina - Foto: Divulgação/CBMSC

A prefeitura do município de Saudades, no Interior de Santa Catarina, e o Governo do Estado decretaram luto oficial de três dias após a chacina que ocorreu em uma creche nesta terça-feira (04). De acordo informações da Secretaria de Segurança Pública, dois adultos e três crianças morreram na tragédia. Duas vítimas eram professoras da creche Pró Infância Aquarela e já foram identificadas

A governadora em exercício, Daniela Reinehr, deve realizar uma entrevista coletiva às 18h, de acordo com a revista Veja. “Nossas equipes de Segurança Pública estão na cidade atuando no atendimento à ocorrência e prestando todo o atendimento às vítimas e familiares”, afirmou no site oficial do Governo do Estado.

O crime

Um jovem de 18 anos invadiu uma creche municipal em Saudades, a 446 km de Florianópolis (SC). Segundo a Polícia Militar, ele estava armado com um facão e desferiu golpes em crianças e adultos dentro do estabelecimento de ensino.

Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública, dois adultos e três crianças morreram na tragédia. De acordo com o assessor jurídico da Prefeitura Municipal, Luiz Fernando Kreutz, três vítimas eram crianças com menos de dois anos.

> Jovem de 20 anos está entre mortos em chacina dentro de creche em Santa Catarina

De acordo com informações do jornal A Sua Voz, o autor teria chegado até a escola de bicicleta e atacado as pessoas com uma Espada Ninja. Enquanto tentavam contê-lo, ele se golpeou com a arma, machucando com gravidade o pescoço.

O jovem, de 18 anos, seria da cidade de Saudades e gostava muito de jogos virtuais. Ele foi detido e levado sob escolta até o hospital de Pinhalzinho.

Segundo informações da Polícia Militar de Chapecó, a central de atendimento 190 recebeu várias ligação com pedidos de socorro, relatando que o agressor estaria golpeando alunos e professores. PM, Polícia Civil, Bombeiros, Saer e Samu prestam atendimento no local do crime.

“Devastadora a notícia da chacina registrada no município de Saudades vitimando crianças e professores de uma creche na manhã desta terça-feira. Minha solidariedade às famílias, à comunidade escolar e a todos os moradores da acolhedora cidade do nosso oeste”, escreveu.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.