ASTRONOMIA

Eta Aquáridas: pico da chuva de meteoros acontece nesta madrugada; saiba como ver

A chuva de meteoros Eta Aquáridas atinge pico na madrugada desta quarta-feira (05) para quinta-feira (06)

Eta Aquáridas: pico da chuva de meteoros acontece nesta madrugada; saiba como ver

Chuva de meteoros Eta Aquáridas - Foto: Divulgação/Observatório Espacial Heller & Jung

A partir das 3h, na madrugada desta quarta-feira (05) para quinta-feira (06), a chuva de meteoros Eta Aquáridas, atinge o pico e pode ser vista no Brasil. Para conseguir ver até 50 "estrelas cadentes" por hora, é necessário olhar para o leste. O evento especial é o ponto onde os meteoros convergem, na constelação de Aquário, e a sua composição são resquícios do famoso cometa Halley.

De acordo com a apuração de Marcella Duarte, em colaboração para o Tilt, do portal Uol, a Eta Aquáridas também é milhares de pequenas rochas espaciais viajam a 70km/s e ficam incandescentes ao atingir a atmosfera da Terra. Com isso, elas deixam rastros brilhantes no céu durante a noite, sendo que alguns parecem explodir.

Como todas as chuvas de meteoros, a Eta Aquáridas é visível a olho nu, sem necessidade de usar telescópios ou equipamentos especiais. As regiões tropicais do hemisfério Sul do planeta são privilegiadas na observação.

Como observar?

Confira algumas dicas, dadas pelo Tilt, do portal Uol, em entrevista com o astrônomo do Observatório Municipal de Campinas Jean Nicolini, Julio Lobo.

  • Torça por um céu sem nuvens. Procure um lugar com pouca luz, como uma varanda ou quintal. Quanto menos poluição luminosa, mais chances de observar mais meteoros;
  • Fique confortável. Sente em uma cadeira (de preferência uma reclinável ou de praia), proteja-se do frio e evite usar o celular (para não se distrair ou ter a visão ofuscada pela claridade da tela);
  • Tenha paciência. Seus olhos demoram cerca de 20 minutos para se acostumar com a baixa luminosidade e a diferenciar o brilho dos diferentes corpos celestes (estrelas, planetas, meteoros);
  • Olhe para o leste (onde o Sol nasce). Procure pela Lua e o planeta Júpiter, o segundo ponto mais brilhante do céu, que estará acima dela;
  • Formando um triângulo com os dois, para a esquerda, estará o radiante da Eta Aquáridas, na constelação de Aquário. Os meteoros vão aparentar surgir ao redor dela. Um software de observação dos céus (como Stellarium, Star Walk, Star Chart, Sky Safari ou SkyView) pode te ajudar a encontrar este ponto
  • Observe atentamente e espere pelos meteoros. O melhor momento de observação é partir das 3h, quando a chuva estiver mais alta no céu. Os meteoros poderão ser vistos até o amanhecer;
  • Faça um pedido a cada estrela cadente vista, como manda a tradição;
  • Se não der certo hoje, observe também nos próximos dias. A Eta Aquáridas continua até o final do mês, com atividade cada vez menor. Até o final de semana, ainda são ótimos momentos;
  • Com uma câmera em modo de longa exposição, é possível fazer belas imagens dos rastros dos meteoros.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.