ALÍVIO

Chacina em Santa Catarina: bebê sobrevivente de ataque em creche recebe alta de hospital

Homem de 18 anos que portava facão é suspeito de matar três crianças e duas mulheres na escola infantil


Chacina em Santa Catarina: bebê sobrevivente de ataque em creche recebe alta de hospital

Creche onde aconteceu a chacina no município de Saudades, em Santa Catarina - Foto: Divulgação/CBMSC

A criança de 1 ano e 8 meses que sobreviveu ao atentado em uma creche de Santa Catarina onde cinco pessoas foram mortas recebeu alta médica neste domingo (9). Ela estava internada há 5 dias no Hospital da Criança de Chapecó. No local, ela passou por procedimentos cirúrgicos no pescoço, tórax, abdômen e pernas, segundo a unidade de saúde. 

>>>Chacina em creche de Santa Catarina: delegado traz atualizações do caso

>>>Chacina em creche de Santa Catarina: três crianças e duas professoras são mortas por homem com facão

>>>Jovem de 20 anos está entre mortos em chacina dentro de creche em Santa Catarina

>>>Com facão, jovem invade creche e deixa adulto e duas crianças mortas em Santa Catarina

A Polícia Civil ouviu mais de 10 testemunhas na investigação e o autor do crime, um jovem de 18 anos, será ouvido assim que o estado de saúde dele permitir. O ataque aconteceu na última terça-feira (4), quando o jovem foi à uma escola infantil armado com um facão, matou três crianças de um ano, uma professora de 30 anos e uma agente educativa de 20 anos. Depois, ele golpeou o próprio corpo.

O repórter Laércio Botega, do Sistema Catarinense de ComunicaçõesSCC SBT em Florianópolis, descreveu a ação do suspeito. "Ele foi direto e começou a dar os golpes (de faca) nas vítimas. Uma sexta vítima, uma outra criança, foi levada para um hospital por uma professora e está internada", informou o repórter, em matéria exibida no programa O Povo na TV da última terça (4). 

Confira no vídeo

Delegado dá detalhes

O delegado Ricardo Casagrande detalhou a chacina que deixou duas professoras e três crianças mortas, ocorrida nesta terça-feira (4), em uma creche municipal em Saudades, em Santa Catarina. A entrevista foi exibida no programa 'O Povo na TV' de hoje (4), da TV Jornal. "O fato aconteceu por volta das 10h e, a partir deste momento, já foram adotadas todas as medidas para elucidação", disse Casagrande. Ele informou também que estão sendo coletados dados sobre o suspeito para auxiliar no esclarecimento dos crimes. 

Veja a entrevista completa

O crime

Um jovem de 18 anos invadiu, nesta terça-feira (4), uma creche municipal em Saudades, a 446 km de Florianópolis (SC). Segundo a Polícia Militar, ele estava armado com um facão e desferiu golpes em crianças e adultos dentro do estabelecimento de ensino.

Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública, dois adultos e três crianças morreram na tragédia. De acordo com o assessor jurídico da Prefeitura Municipal, Luiz Fernando Kreutz, três vítimas eram crianças com menos de dois anos. Foi decretado luto oficial de três dias na cidade e no Estado.

De acordo com informações do jornal A Sua Voz, o autor teria chegado até a escola de bicicleta e atacado as pessoas com uma Espada Ninja. Enquanto tentavam contê-lo, ele se golpeou com a arma, machucando com gravidade o pescoço. O jovem, de 18 anos, seria da cidade de Saudades e gostava muito de jogos virtuais. Ele foi detido e levado sob escolta até o hospital de Pinhalzinho.

Segundo informações da Polícia Militar de Chapecó, a central de atendimento 190 recebeu várias ligação com pedidos de socorro, relatando que o agressor estaria golpeando alunos e professores. PM, Polícia Civil, Bombeiros, Saer e Samu prestam atendimento no local do crime.

Comoção

Nas redes sociais, familiares e amigos lamentaram a morte de Mirla Renner em sua última postagem no seu Instagram pessoal. Na publicação, ela comemora o aniversário de 20 anos. "Que o nosso senhor Jesus Cristo conforte o coração de cada familiar dessa jovem. descanse em paz" disse um colega. 

Prisão

O jovem foi preso ainda no local da ocorrência e encaminhado para atendimento médico e estado grave no Hospital Beneficente de Pinhalzinho, cidade vizinha. O rapaz não tem passagem pela polícia.

Cidade

Saudades tem população de cerca de 9 mil pessoas e fica na região de Chapecó.

Nota na íntegra

Nota de solidariedade às vítimas e a todos os envolvidos pela tragédia de Saudades, no Oeste catarinense

O Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) manifesta seu profundo pesar e sua solidariedade às vítimas e a todos os atingidos pela tragédia ocorrida na manhã desta terça-feira (4/5) em Saudades, no Oeste de Santa Catarina. Informações iniciais indicam que uma pessoa invadiu uma escola infantil e assassinou e feriu crianças e professores.

O MPSC irá acompanhar todos os desdobramentos no âmbito criminal e cível, mas, no momento, quer externar sua profunda tristeza com o ocorrido e prestar condolências aos familiares das vítimas e aos envolvidos nessa tragédia que abala a todos os catarinenses.

Fernando da Silva Comin
Procurador-Geral de Justiça

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.