Vacinação

Influenza: Pode consumir bebida alcoólica após receber a vacina contra a gripe?


Uma dúvida que muitas pessoas têm é se beber interfere na ação das vacinas, como a contra a gripe (influenza) e a covid-19

Karina Albuquerque
Karina Albuquerque
Publicado em 21/05/2021 às 10:02
ARQUIVO/MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL
FOTO: ARQUIVO/MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL
Leitura:

A Campanha Nacional de Vacinação contra o vírus Influenza (gripe) chegou à segunda etapa, na semana passada (11 de maio) e vai até o dia 8 de junho.

Promovida pelo Ministério da Saúde em todo o território nacional, a campanha teve início no mês passado e a estimativa é vacinar 79,7 milhões de pessoas. Durante este período de vacinação, uma dúvida que muitas pessoas têm é: após tomar a vacina contra a gripe, é possível consumir bebida alcoólica? 

Vacina da gripe e álcool

Envolvida nas decisões do PNI, Programa Nacional de Imunização, a Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm), declarou que nenhuma das vacinas, incluindo as contra a COVID-19, reprova a ingestão de bebidas alcoólicas ou exige precauções.

Não existe aumento do risco de eventos adversos ou interferência na resposta imunológica.

Efeitos do álcool

No entanto, vale ressaltar que o uso abusivo de álcool pode enfraquecer o sistema imunológico, aumentando o risco de infecções por vírus e bactérias, além de trazer diversos outros prejuízos à saúde e à vida.

Campanha de vacinação

A segunda etapa é destinada a idosos com mais de 60 anos e professores. Cerca de 33 milhões de pessoas deverão ser imunizadas nessa fase.

A terceira fase, entre 9 de junho e 9 de julho, abrangerá cerca de 22 milhões de pessoas.

Compõem esse público-alvo integrantes das Forças Armadas, de segurança e de salvamento; pessoas com comorbidades, condições clínicas especiais ou com deficiência permanente; caminhoneiros; trabalhadores de transporte coletivo rodoviário; trabalhadores portuários; funcionários do sistema de privação de liberdade; população privada de liberdade; e adolescentes em medidas socioeducativas.

A campanha teve início no dia 12 de abril com a vacinação de crianças entre seis meses e seis anos, povos indígenas, trabalhadores da área da saúde, gestantes e mulheres puérperas (que estão no período de até 45 dias após o parto).

Vacinas contra a gripe e contra a covid-19

Pessoas que tomaram a primeira ou a segunda dose da vacina contra a covid-19 devem esperar, pelo menos, 14 dias para tomar o imunizante contra a gripe.

E quanto a vacina contra o Coronavírus, pode beber depois de tomar? Clique aqui e confira.

Mais Lidas