GOLPE

Empresas com esquema de pirâmide no Recife são autuadas pelo Procon-PE

As empresas também foram interditadas na ação do Procon-PE, em parceria com a Depatri

Empresas com esquema de pirâmide no Recife são autuadas pelo Procon-PE

A operação foi realizada em conjunto com a Delegacia de Repressão ao Estelionato - Foto: Foto: Divulgação / Procon-PE

O Procon Pernambuco (Procon-PE), em parceria com a Delegacia de Repressão e Estelionato (Depatri), autuou e interditou três instituições financeiras de crédito localizadas no Recife, nesta quarta-feira (26). As empresas investigadas colhiam as informações sobre os consumidores, ofereciam um empréstimo consignado, além de atrelar um rendimento fora da realidade, caso o consumidor investisse o valor do empréstimo na empresa, o que deflagra como sistema de pirâmide.

A empresa New Alliance, em Boa Viagem, na Zona Sul, foi uma delas. O estabelecimento não tinha autorização para atuar no mercado como investimento, só apresentava documentação como correspondentes bancários. Além disso, mais de 20 funcionários se encontravam no ambiente como call center. No local, não havia distanciamento social e nenhum dos funcionários utilizavam máscaras. O Procon-PE também autuou a empresa por descumprimento do decreto do Governo de Pernambuco.

“É importante que o consumidor se informe sobre essa empresa antes de fechar qualquer tipo de negócio. Orientamos que procure o órgão de defesa do consumidor para que possamos instruir e averiguar se essa empresa é regular, e que aquilo que foi ofertado é realmente um serviço dentro do mercado legal”, é o que ressalta o secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico.

As empresas Benks Soluções Financeiras, também localizada em Boa Viagem; e a Unitum Promotora, na Dantas Barreto, não apresentaram documentação de funcionamento. Também foram autuadas e interditadas. O processo administrativo foi aberto pelo Procon-PE, já as investigações continuaram sendo acompanhadas pela Depatri.

Balanço - Maio

Do dia 6 de maio até esta quarta (26), dez financeiras que aplicavam esse tipo de golpe já foram interditadas pelo Procon-PE, em parceria com a Depatri.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.