PANDEMIA

Covid-19: Pernambuco registra 644 casos e 52 mortes nesta sexta-feira (4)

Represamento de dados é justificativa para Pernambuco registrar baixo número de casos

Suzyanne Freitas
Suzyanne Freitas
Publicado em 04/06/2021 às 13:10
Leopoldo Silva/ Agência Senado
FOTO: Leopoldo Silva/ Agência Senado
Leitura:

Nesta sexta-feira (4), a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou 644 casos da Covid-19. Entre os confirmados hoje, 111 (17%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 533 (83%) são leves. Agora, Pernambuco totaliza 493.438 casos confirmados da doença, sendo 45.531 graves e 447.907 leves.

O número é considerado baixo, já que, nos últimos sete dias, a média de confirmações foi 2.886, mas, segundo a própria pasta, isso se deve ao represamento de testes positivos dessa quinta-feira (3), fenômeno que normalmente ocorre em feriados.

Mortes

Também foram confirmados 52 óbitos, ocorridos entre 16/08/2020 e 03/06/2021. Com isso, o Estado totaliza 16.149 mortes pela Covid-19.

Média móvel

A média móvel é entendida como índice ideal para medir o avanço da pandemia em um local. Ela contabiliza a média dos últimos sete dias (contando com hoje) e compara com 14 dias atrás. Variações acima de 15%, seja para mais ou menos, indicam tendência de alta ou queda, respectivamente. Já abaixo disso, indica estabilidade.

Pelo 8º dia consecutivo, o Estado tem tendência de estabilidade na média móvel de casos. Nesta quinta, o indicativo está em 2.873 e com diferença de 3% em relação ao de 14 dias atrás. Já a média móvel de mortes está em tendência de alta há 4 dias. Nesta quinta, aponta em 70.

Vacina

O Estado de Pernambuco recebeu, às 17h desta quinta-feira (03), no Aeroporto Internacional do Recife/Guararapes – Gilberto Freyre, a quarta remessa de vacinas da Pfizer/BioNTech, contendo 25.740 doses. Esse quantitativo será destinado ao grupo de pessoas com comorbidades, além das gestantes e puérperas em todo o Estado.

Todo o lote será conferido e separado por município, no Programa Estadual de Imunização (PNI-PE), sendo encaminhado em seguida às 12 Gerências Regionais de Saúde (Geres), onde ficam à disposição dos gestores municipais. Desde a última sexta-feira (28), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou o armazenamento das vacinas da Pfizer em temperatura entre + 2 C° e + 8 C° por até 31 dias. É nessa faixa que o imunizante fica guardado nas redes de frio municipais. Anteriormente, o preconizado era apenas por 5 dias nessa temperatura.

Mais Lidas