SAúDE

Teve reações da vacina contra covid-19? Todo mundo vai sentir? Pode tomar remédios? Saiba o que fazer

Infectologistas explicam porque as reações ocorrem e qual a recomendação necessárias para aliviar os sintomas

Teve reações da vacina contra covid-19? Todo mundo vai sentir? Pode tomar remédios? Saiba o que fazer

Vacina contra a covid-19 - Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Com informações da Metrópoles

Após receberem as injeções com a vacina contra a covid-19 da Oxford/AstraZeneca, muitas pessoas compartilharam memes nas redes sociais sobre reações adversas causadas durante esta pandemia da covid-19, que são previstas em bula. Os sintomas como dor local, calafrios, febre e fadiga foram alguns dos sintomas e podem surgir também efeitos colaterais pós-vacinação com dose de outros imunizantes, de acordo com os médicos infectologistas. 

> É seguro tomar vacina da AstraZeneca? Por que jovens têm mais reações ao imunizante?

> Covid-19 em crianças: Quais cuidados tomar? Como evitar o contágio? Médico dá detalhes

Quais são as reações esperadas?

As reações mais comuns são vermelhidão, dor, coceira e inchaço no local da injeção. Também podem surgir sintomas gerais e sistêmicos que incluem dor de cabeça, indisposição, enjoo, fadiga, dor muscular, calafrios, sensação febril e febre alta a partir de duas a seis horas depois a aplicação. A orientação é procurar um posto de vacinação, caso tenha algum sintoma diferente dos efeitos adversos.  

Por que provocam reações adversas?

Os sintomas são uma reação inflamatória do organismo em resposta ao que foi injetado no corpo. As reações locais são efeitos diretos do trauma provocado pela aplicação da agulha e a entrada do líquido nos tecidos da pele. Quando uma vacina é aplicada, o sistema imunológico libera substâncias biologicamente ativas que são as responsáveis pelo aparecimento dos sintomas.

Pode tomar remédios para aliviar os efeitos?

É necessário que a indicação seja feita por um médico e depende também da gravidade da reação. A principal recomendação é permanecer em repouso, hidratar o corpo e fazer uma compressa no braço para aliviar os sintomas locais. Caso os sintomas da vacina contra a covid-19 não passem, pode-se tomar um paracetamol ou uma dipirona. No entanto, as reações passam com o tempo.

> Por que a vacina da Pfizer é a preferida dos brasileiros? Ela tem maior eficácia contra a covid-19?

> Infecção por 'fungo preto': O que é, qual a relação com a covid-19 e por que suspeitas no Brasil causam preocupação?

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), inclusive, fez um alerta para o uso excessivo de paracetamol para controlar os efeitos colaterais após a vacinação contra a covid-19. De acordo com a Anvisa, “o uso do medicamento deve ser feito com cautela, sempre observando a dose máxima diária e o intervalo entre as doses, conforme as recomendações contidas na bula, para cada faixa etária”.

Todo mundo vai sentir reações?

De acordo com os infectologistas, as reações variam de pessoa para pessoa e não há como fazer uma previsão. Algumas podem não sentir absolutamente nada e outras desenvolver sintomas mais intensos. Ou seja, nem todo mundo vai ter efeitos colaterais da vacina contra a covid-19.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.