Perigo

Problema histórico, cavalos soltos tomam conta do Grande Recife causando perigo para animais e motoristas


Os animais aparecem constantemente circulando pelas ruas das cidades

Caroline Cardilane
Caroline Cardilane
Publicado em 13/06/2021 às 8:00
Reprodução/NE10 Interior
FOTO: Reprodução/NE10 Interior
Leitura:

O aparecimento de cavalos nas ruas e avenidas da Região Metropolitana do Recife está cada vez mais frequente. De acordo com a Secretaria de Saúde do Recife (Sesau), só no ano passado (2020) a Vigilância Ambiental recolheu 120 animais de grande porte. Neste ano, até abril, foram 29. Eles são constantemente flagrados soltos nas pistas, em meio aos carros, rasgando as sacolas de lixo nas ruas e muitos apresentam sinais de maus tratos.

A livre circulação de cavalos nas pistas pode causar graves acidentes de trânsito. Um perigo para motoristas, pedestres e para o próprio animal. Outra consequência é a sujeira nas ruas: os cavalos reviram as lixeiras e caçambas de lixo, rasgando os sacos e espalhando os detritos.

O abandono é mais um problema: vários desses animais são encontrados amarrados a troncos de árvores, sem água e alimento. Também são vistos em praças e campinhos de futebol, aparentemente exaustos. O abandono ou maltrato de animais é crime previsto pela Lei Federal nº 14.064/20, valendo pena de até 5 anos para quem o cometer.

Cada município tem um órgão responsável pelo recolhimento e cuidados com animais de pequeno e grande porte, em casos de transtornos, acidentes e maus tratos denunciados pela população.

Confira abaixo a lista com os contatos dos órgãos responsáveis pelo acolhimento desses animais nas prefeituras das cidades e como proceder em casos de denúncia.

RECIFE

“A Secretaria de Saúde (Sesau) do Recife esclarece que o Centro de Vigilância Ambiental (CVA) recolhe animais de grande porte, em vias públicas, quando há risco à saúde pública. A Sesau solicita também a colaboração dos donos de animais, para que não deixem os bichos soltos, para evitar maus tratos e acidentes. Para denúncias, a população pode registrar as queixas através da Ouvidoria do SUS, pelo telefone 0800.281.1520, de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h, ou no site da Prefeitura do Recife, em qualquer horário.

OLINDA

O serviço de recolhimento de animais no município está temporariamente suspenso e tem previsão de retomada em Junho. Enquanto isso, a população pode contatar a Secretaria de Meio Ambiente e Planejamento Urbano de Olinda pelo 81 3439 5535.

Jaboatão dos Guararapes

A Prefeitura de Jaboatão informou que detecta esses animais a partir do sistema de identificação digital de equinos, que implanta microchips contendo informações sobre a saúde dos animais e dos donos. “Os animais encontrados abandonados em vias públicas ou resgatados vítimas de maus-tratos são levados para o Centro de Vigilância Ambiental (CVA), em Muribeca, onde recebem tratamento e, quando recuperados, são disponibilizados para adoção.”

Para denúncia de maus tratos a animais silvestres, os moradores podem acionar a Prefeitura pelo 99975-5886. E para denúncias de maus-tratos a animais pequenos e de grande porte, o atendimento é pelo o 99229-3837. Ambos os serviços funcionam de segunda a sexta, das 8h às 17h.

Camaragibe

A Prefeitura de Camaragibe, por meio da Secretaria de Saúde, informa que o órgão responsável para recolhimento desses animais é a Vigilância em Saúde. Para fazer denúncias e solicitações de remoção, os municípios podem entrar em contato pelo telefone: (81) 3458-0723. Se identificado, o dono do animal paga uma taxa de apreensão. Uma ONG parceira faz o resgate dos animais de médio e grande porte e os levam para um espaço no município de Carpina, na Zona da Mata.

Igarassu

A Secretaria de Meio Ambiente de Igarassu esclarece que dispõe de um plantão para atender os chamados de apreensão de animais através do número de celular: ?9 8991 4366. A prefeitura da cidade oferece os serviços de apreensão, transporte e abrigamento de animais, de grande porte, soltos em vias públicas, incluindo no trecho da BR - 101 que corta o município.

Paulista

A Prefeitura do Paulista conta com um serviço de recolhimento de animais de grande porte soltos em vias públicas do município. A retirada é oferecida pela Secretaria de Saúde e coordenada pela Vigilância Ambiental. Após o recolhimento, os animais são levados para um local com toda infraestrutura adequada. Os moradores da cidade podem entrar em contato com o serviço pelo (81) 998134499 (Whatsapp) para denúncias e solicitações.

Abreu e Lima

Em casos de acidentes, a prefeitura da cidade encaminha a Vigilância de Saúde para avaliação do animal, sendo realizada eutanásia quando necessário.
Atualmente o município está com projeto em andamento para disponibilizar uma área onde sejam enviados os animais soltos nas ruas, até que seus donos o procurem.
A população pode realizar denúncias através do 9 3541.9571

Mais Lidas