pandemia

Paulo Câmara prorroga estado de calamidade pública em Pernambuco até setembro, diz site

O período prorrogado pelo governador Paulo Câmara será votado pela Assembleia Legislativa de Pernambuco

Com informações de José Matheus Santos do Blog do Jamildo
Com informações de José Matheus Santos
do Blog do Jamildo
Publicado em 28/06/2021 às 17:25 | Atualizado em 11/05/2022 às 20:31
Helia Scheppa/ SEI
FOTO: Helia Scheppa/ SEI
Leitura:

Devido à pandemia da covid-19, o governador Paulo Câmara (PSB) decidiu que vai prorrogar o estado de calamidade pública em Pernambuco até o final do mês de setembro.

A informação foi confirmada pelo repórter José Matheus Santos, do Blog do Jamildo. O decreto entra em vigor no dia 01 de julho e valerá até 30 de setembro de 2021.

Vale lembrar que a Assembleia Legislativa irá votar a prorrogação da medida, e o prazo de vigência pode ser ampliado posteriormente. Além de Paulo Câmara, o secretário da Casa Civil de Pernambuco, José Neto, e o procurador-geral do Estado, Ernani Médicis, também assinaram o decreto.

> Covid-19: Grávida de 42 anos é primeira vítima fatal da variante Delta no Brasil

A última vez que o decreto de calamidade pública havia sido prorrogado em dezembro de 2020, justamente até o mês de junho deste ano.

Na ocasião, o governador Paulo Câmara afirmou que a decisão foi tomada em virtude da “inexistência de um cronograma definido de início e de conclusão do processo de imunização da população brasileira contra o coronavírus” e a "emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do coronavírus".

Covid-19 em Pernambuco

Até esta segunda-feira (28), o Estado de Pernambuco confirmou 547.136 casos da covid-19, sendo 17.579 mortes pela doença. De acordo com a Secretária Estadual de Saúde (SES-PE), há uma queda de 36% na Média móvel de óbitos em relação ao número de duas semanas atrás.

As variações acima de 15%, seja para mais ou menos, indicam tendência de alta ou queda, respectivamente. Abaixo disso, indica estabilidade.

Vacinação em Pernambuco

O Governo de Pernambuco confirmou que o Estado ultrapassou a marca de 3 milhões (3.021.413) pessoas vacinadas contra a covid-19 com pelo menos a primeira dose, o que equivale a 31% da população.

Com relação à segunda dose, 11% dos pernambucanos já tomaram e estão com o esquema vacinal completo, um total de 1.061.914 pessoas.

> O que não fazer após tomar a vacina da covid-19? Saiba os erros que você deve evitar

> Grande Recife, Agreste, Sertão e Zona da Mata: veja restrições, flexibilizações e novos horários em PE

“Mesmo respeitando o tempo de espera entre a primeira e a segunda aplicação, temos muita gente que poderia estar totalmente vacinada, mas não compareceu aos postos de imunização. Toda e qualquer vacina disponível salva vidas. Precisamos fazer a nossa parte, tomar as duas doses dentro do prazo prescrito e orientar parentes e amigos a fazerem o mesmo”, frisou Paulo Câmara.

 

Mais Lidas