vacinação

João Campos afirma que Recife não aplicou vacina contra a covid-19 vencida: ''Fiquem tranquilos''


De acordo com o Prefeito do Recife, houve erro no registro de duas doses no sistema do Ministério da Saúde

Robert Sarmento
Robert Sarmento
Publicado em 02/07/2021 às 17:25
Bruno Campos/JC Imagem
FOTO: Bruno Campos/JC Imagem
Leitura:

A Prefeitura do Recife, através da Secretaria de Saúde, afirmou que ninguém da capital pernambucana recebeu dose de vacina contra a covid-19 vencida. O caso de imunizantes fora da validade veio à tona, nesta sexta-feira (02), depois de matéria publicada pela Folha de São Paulo, com dados do Ministério da Saúde, e causou preocupação em todo o país.

> Covid-19: SES garante que irá investigar com prefeituras se vacinas vencidas foram aplicadas em PE

''Fiquem tranquilos. O Recife não aplicou dose vencida de Astrazeneca. As últimas doses do lote 4120Z005 foram ministradas até 25/2/2021. A Folha de São Paulo se refere a um erro, já corrigido, no registro de 2 doses no sistema do Ministério da Saúde. A gente segue vacinando certo e protegendo vidas'', afirmou o prefeito João Campos.

 

Vacinação no Recife

Vale lembrar que o Recife liberou a vacinação contra a covid-19 para todas as pessoas a partir de 40 anos, independente se tem comorbidades ou não. Além disso, trabalhadores e trabalhadoras da indústria e da construção civil a partir dos 38 anos pode a agendar o dia e horário para receber a vacina contra a covid-19. O agendamento da vacinação deve ser feito através da plataforma Conecta Recife.

> Saiba como identificar se vacina da AstraZeneca que você tomou estava vencida

> Veja quais cidades de Pernambuco teriam recebidos lotes da vacina vencida da AstraZeneca

''Quem for tomar vacina contra covid-19 no Recife deve ser liberado do trabalho no turno do agendamento, sem prejuízo da remuneração. Assinei um decreto com essa recomendação para empregadores do setor privado. No serviço público, esse direito já é assegurado. Vacina é prioridade'', completou o prefeito do Recife

 

Confira a nota da Prefeitura do Recife na íntegra:

A Secretaria de Saúde do Recife explica que nenhuma dose de vacina contra covid-19 foi aplicada fora do prazo de validade. As últimas doses do lote 4120Z005, cujo prazo de validade era 14 de abril, mencionado pela reportagem da Folha de São Paulo foram ministradas, na cidade, até o dia 25 de fevereiro. A Secretaria esclarece ainda que houve um erro durante o registro de duas doses no sistema do Ministério da Saúde.

Confira a nota do Ministério da Sáude na íntegra:

Ministério da Saúde informa que nenhuma dose de vacina é entregue aos estados e Distrito Federal vencida. A pasta acompanha rigorosamente todos os prazos de validade das vacinas Covid-19 recebidas e distribuídas pela pasta. Conforme pactuado com Conass e Conasems, as doses entregues para as Centrais Estaduais devem ser imediatamente enviadas aos municípios pelas gestões estaduais. Cabe aos gestores locais do SUS o armazenamento correto, acompanhamento da validade dos frascos e aplicação das doses, seguindo à risca as orientações do Ministério.

Segundo a orientação do Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19 (PNO), caso alguma vacina seja administrada após o vencimento, essa dose não deverá ser considerada válida, sendo recomendado um novo ciclo vacinal, respeitando um intervalo de 28 dias entre as doses. O vacinado deverá ser acompanhado pela Secretaria de Saúde local.

Mais Lidas