declaração

Juliette rebate Antônia Fontenelle após atriz chamar DJ Ivis de 'paraíba': ''Xenofobia''


Depois da polêmica, a apresentadora tentou justificar e afirmou que foi "força de expressão"

Robert Sarmento
Robert Sarmento
Publicado em 12/07/2021 às 17:50
Reprodução
FOTO: Reprodução
Leitura:

As agressões do DJ Ivis contra a ex-mulher Pamella Holanda foi o assunto das redes sociais, nesta segunda-feira (12), e muitas pessoas comentaram sobre o caso. Uma delas foi a apresentadora Antônia Fontenelle, que usou a expressão "paraíba" e gerou polêmica pelo fato do termo ser, normalmente, usado de pejorativa e preconceituosa. Natural da Paraíba, Juliette Freire se posicionou e chamou a disse foi um ato de xenofobia contra os paraibanos.

> Ex-mulher de DJ Ivis compartilha vídeos onde é agredida pelo artista na frente da filha

 

"Esses paraíbas fazem um pouquinho de sucesso e acham que pode tudo. Amanhã vou contactar as autoridades do Ceará para entender porque esse cretino não foi preso”, disse Antônia Fontenelle. Em seguida, a apresentadora respondeu às críticas e afirmou que foi "força de expressão".

> Justiça nega pedido de DJ Ivis para proibir ex de divulgar vídeos e falar sobre agressões

 

Crítica de Juliette

Quem se levantou contra o termo foi a paraibana Juliette. Através das redes sociais, ela rebatou da seguinte maneira: "Não é força de expressão, é xenofobia. Não existe “ser Paraíba” e “fazer paraibada”. Existe ser PARAIBANA/O, o que sou com muito orgulho. Tire seu preconceito do caminho, que vamos passar com a nossa cultura e não vamos tolerar atitudes machistas e xenofóbicas de lugar algum", escreveu.

> Após caso do DJ Ivis, medida protetiva é suficiente? Desembargadora explica como pedir proteção

 

Mais Lidas