flexibilização

O que está proibido sobre ter música ao vivo em bares e restaurantes de Pernambuco? Saiba qual é a determinação

Os setores que não cumpriram os protocolos contra a covid-19 correm o risco de sofrer punições do Procon

Robert Sarmento
Robert Sarmento
Publicado em 15/07/2021 às 18:45
Divulgação/Procon
FOTO: Divulgação/Procon
Leitura:

Os bares e restaurantes estão liberados para colocarem música ao vivo, desde que sigam as regras sanitárias para evitar aglomerações e a propagação da covid-19. Os eventos podem funcionar, por exemplo, ainda sem a área de dance. A flexibilização vale a partir do dia 19 de julho e 2021. Confira abaixo o que está permitido e proibido em relação a liberação de música ao vivo em bares e restaurantes de Pernambuco:

  • Fica permitida a apresentação musical com até três integrantes, com quaisquer instrumentos musicais, incluindo o cantor.
  • Fica proibido o uso de amplificadores de som.
  • Fica proibida a permanência de pessoas em pé.
  • Fica proibida a demarcação de pistas de dança.

Atividades econômicas

Desde o dia 05 de julho, com a redução no número de leitos de UTI com pacientes da covid-19 e estabilidade nos casos, o Governo de Pernambuco decidiu fazer alterações no Plano de Convivência com a Covid-19 e flexibilizou o funcionamento das atividades econômicas em todo o Estado. Confira abaixo os detalhes das mudanças:

Eventos sociais/buffet: Na macrorregião 1, que engloba o Grande Recife, as zonas da Mata Norte e Sul e parte do Agreste, vão funcionar das 8h às 23h, durante a semana, e das 8h às 22h, nos finais de semana. Já nas macrorregiões 2, 3 e 4, vão poder funcionar das 8h às 22h, na semana, e 8h às 21h, no final de semana. O número de pessoas, em todas as macrorregiões, será de 50 ou 30% da capacidade do local, o que for menor. Música ao vivo continua proibido.

Exemplos: Aniversários, batizados, bodas, casamentos, festas infantis, formaturas e noivados.

> Máscara de tecido protege do coronavírus? E de TNT? Médico responde

Eventos corporativos: Na macrorregião 1, vão funcionar das 8h às 22h, tanto durante a semana quanto aos sábados e domingos. Antes, podiam funcionar até às 21h nos finais de semana. Já nas macrorregiões 2, 3 e 4, vão poder funcionar das 8h às 22h, na semana, e 8h às 21h, no final de semana. O número de pessoas, em todas as macrorregiões, passa de 50 para 100 ou 30% da capacidade do local, o que for menor. Música ao vivo continua proibido.

> Por que as pessoas com duas doses da vacina ainda podem contrair a covid-19?

Exemplos: Assembleias, capacitações, cursos, conferências, congressos, convenções, encontros, entrevistas, fóruns, painéis, palestras, reuniões, simpósios, seminários, solenidades, treinamentos, webinar e workshops.

Colação de grau, aula da saudade e culto ecumênico: Na macrorregião 1, vão funcionar das 8h às 23h, na semana, e das 8h às 22h, nos finais de semana. Antes, podiam funcionar até às 22h, na semana, e às 21h, aos sábados e domingos. Já nas macrorregiões 2, 3 e 4, vão poder funcionar das 8h às 22h, na semana, e 8h às 21h, no final de semana. O número de pessoas, em todas as macrorregiões, passa de 50 para 100 ou 30% da capacidade do local, o que for menor. Música ao vivo, alimentos e bebidas continuam proibidos.

> O que acontece se tomou vacina vencida? Quem é responsável pela vacinação? Saiba as respostas

Cinema, teatro e circo: Na macrorregião 1, vão funcionar das 9h às 23h, na semana, e das 9h às 22h, nos finais de semana. Antes, podiam funcionar das 10h às 22h, na semana, e das 10h às 21h, aos sábados e domingos. Já nas macrorregiões 2, 3 e 4, vão poder funcionar das 9h às 22h, na semana, e das 9h às 21h, no final de semana. O número de pessoas, em todas as macrorregiões, passa de 100 para 200 ou 50% da capacidade do local, o que for menor.

> É gripe, dengue ou covid-19? Veja as diferenças e saiba onde receber atendimento em cada uma delas

Museus e demais equipamentos culturais: Na macrorregião 1, vão funcionar das 9h às 22h, na semana e nos finais de semana. Antes, podiam funcionar das 10h às 22h, na semana, e das 10h às 21h, aos sábados e domingos. Já nas macrorregiões 2, 3 e 4, vão poder funcionar das 9h às 22h, na semana, e das 9h às 21h, no final de semana. Continua permitido um visitante a cada 20 metros quadrados nas áreas expositivas internas, e um visitante a cada 10 metros quadrados nas áreas expositivas externas.

> Teve reações da vacina contra covid-19? Todo mundo vai sentir? Pode tomar remédio? Saiba o que fazer

Clubes sociais: Na macrorregião 1, vão funcionar das 5h às 23h, na semana, e das 5h às 22h, nos finais de semana. Antes, podiam funcionar das 5h às 22h, na semana, e das 5h às 21h, aos sábados e domingos. Já nas macrorregiões 2, 3 e 4, vão poder funcionar das 5h às 23h, na semana, e das 5h às 22h, no final de semana.

Mais Lidas