APROVAçãO

Câmara dos Deputados autoriza projeto para privatização dos Correios; saiba o que falta

Em caso de aprovação, o Governo Federal pretende fazer o leilão dos Correios no primeiro semestre de 2022

Câmara dos Deputados autoriza projeto para privatização dos Correios; saiba o que falta

Projeto de lei visa a privatização dos Correios - Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Com informações do UOL

A Câmara dos Deputados aprovou, nesta quinta-feira (05) o projeto de lei (PL) que autoriza a privatização dos Correios. O texto teve 286 votos favoráveis e 173 contrários, além de dez propostas de mudança. Com a aprovação dos deputados federais, a proposta segue para ser votada no Senado Federal e, se aprovada, será sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido). A expectativa do Governo Federal é fazer o leilão dos Correios no primeiro semestre de 2022.

> Câmara dos Deputados aprova aumento do salário mínimo para 2022; veja novo valor

Caso os senadores rejeitem o projeto, por maioria de votos, a pauta retorna para votação na Câmara dos Deputados.  O governo de Jair Bolsonaro afirma que a capacidade de investimentos futuros dos Correios é incerta e privatização serve para evitar custos de de R$ 2 bilhões ao ano dos cofres públicos, além de sinalizar a manutenção da agenda liberal do ministro da Economia, Paulo Guedes, de acordo com o Uol.

Privatização do Correios

O Supremo Tribunal Federal (STF) tem uma ação, que está sob responsabilidade da ministra Cármen Lúcia, referente a privatização dos Correios, que foi movida pela Associação dos Profissionais dos Correios (Adcap). Já a Procuradoria-Geral da República (PGR) se manifestou contra a privatização do serviço postal e dos correios aéreos.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.