polêmica

Jair Bolsonaro chama presidente do TSE, Luís Roberto Barroso, de ''filho da puta''; veja vídeo


O presidente da República, Jair Bolsonaro, tem feito vários ataques contra os ministros do TSE e do STF após investigações

Robert Sarmento
Robert Sarmento
Publicado em 06/08/2021 às 16:58
Reprodução
FOTO: Reprodução
Leitura:

O presidente da República Jair Bolsonaro polemizou mais uma vez durante encontro com apoiadores em Santa Catarina. 

Na ocasião, ele chamou o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, de "filho da puta".

O momento foi registrado durante uma transmissão ao vivo, através de suas redes sociais, nesta sexta (06).

Bolsonaro subiu mais o tom após ser incluído no inquérito do STF sobre a divulgação de informações falsas e pela investigação em curso no próprio TSE..

> Manifestantes protestam contra Jair Bolsonaro no Recife; veja imagens

> Pelo voto impresso, apoiadores de Jair Bolsonaro caminham na Zona Sul do Recife

Não obstante, insinuou que o ministro Barroso age atuando politicamente, ou seja, com parcialidade.

"Aquele filho da puta do Barroso", afirmou Jair Bolsonaro

O Tribunal Superior Eleitoral foi unânime e determinou duas medidas contra o presidente da República, Jair Bolsonaro. Uma por declarações falsas de fraude no sistema de votação eletrônico e outra por ameaças às eleições de 2022.

Por conta disso, foi determinada a abertura de inquérito administrativo e a inclusão do presidente sobre a investigação das fake news.

> “Bolsonaro já cometeu crime de responsabilidade em três oportunidades”, diz Fernando Haddad

Ambos os casos tramitam no STF, cujo relator é o também ministro, Alexandre de Moraes.

O desfecho desses casos pode levar à impugnação de registro de candidatura à reeleição ou até mesmo inelegibilidade de Jair Bolsonaro.

Insinuação sobre Lula

Jair Bolsonaro também chegou a questionar o fato de do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva ter sido solto na Operação Lava-Jato.

"É justo quem tirou Lula da cadeia, quem o tornou elegível, ser o mesmo que vai contar o voto numa sala secreta no TSE?".

No entanto, de acordo com a apuração da revista Veja, Luís Roberto Barroso já negou o registro de candidatura ao petista e votou a favor da prisão dele.

Mais Lidas