Economia

A gasolina vai aumentar de novo? Petrobras anuncia reajuste de preços dos combustíveis


É o nono reajuste do preço de combustíveis, como a gasolina, neste ano

Karina Costa Albuquerque
Karina Costa Albuquerque
Publicado em 12/08/2021 às 8:28
Fernando Frazão/ABr
FOTO: Fernando Frazão/ABr
Leitura:

A Petrobras reajusta, nesta quinta-feira (12), pela 9º vez neste ano, o preço da gasolina nas refinarias. A estatal não reajustou o preço do óleo diesel desta vez.

A gasolina pressiona a inflação e, junto com a energia elétrica, pesou no bolso dos consumidores, no mês passado. O reajuste da gasolina nas refinarias já chega a 51% neste ano.

>> MP autoriza venda direta de etanol por produtores a postos de combustíveis

>> Gasolina a quase R$ 7? Veja cidades onde o combustível está mais caro

 

Novo preço

O preço médio do litro do combustível vai custar para as distribuidoras R$ 2,78, um aumento de R$ 0,09 por litro, que será repassado ao preço final ao consumidor.

Na nota, a petroleira destacou que o preço do combustível na bomba passará a ser de R$ 2,03 por litro, "referente à mistura obrigatória de 73% de gasolina A e 27% de etanol anidro".

Cálculo

A Petrobras explica que o valor pago pelo consumidor final não é gerido pela estatal e é composto por 4 fatores:

  1. Preços do produtor ou importador de gasolina "A"
  2. Carga tributária
  3. Custo do etanol obrigatório
  4. Margens da distribuição e revenda

"Até chegar ao consumidor são acrescidos tributos federais e estaduais; custos para aquisição e mistura obrigatória de etanol anidro; além dos custos e margens das companhias distribuidoras e dos revendedores", informou no documento.

"Assim, os valores praticados nas refinarias pela Petrobras são diferentes dos percebidos pelo consumidor final no varejo", acrescentou a empresa citando que, segundo dados da Agência Nacional do Petróleo, o preço praticado pela Petrobras "corresponde a cerca de um terço do preço nas bombas".

Mais Lidas