MEDIDAS SANITÁRIAS

Fiscalização do Procon-PE autua três supermercados na Zona Norte do Recife

Medidas de fiscalização foram tomadas na manhã desta segunda-feira (20)

Fiscalização do Procon-PE autua três supermercados na Zona Norte do Recife

Bompreço da Avenida Rosa e Silva foi autuado pelos fiscais do órgão. - Foto: Reprodução: Procon / Divulgação

Na manhã desta segunda-feira (20), equipes de fiscalização do Procon Pernambuco estiveram em estabelecimentos comerciais da Região Metropolitana do Recife (RMR), para realizar vistorias sobre o cumprimento das medidas de proteção contra a Covid-19 e medidas sanitárias de bem-estar aos consumidores. Três mercados foram autuados por venda irregular de alimentos.

>>>Procon teria pedido ao Banco Central limite de transferência do Pix; saiba o valor e motivo

Em Nova Descoberta, na Zona Norte do Recife, os Supermercados Sacolão Deus é Fiel e o Belo Dia, receberam auto de constatação por estarem com alguns produtos vencidos à venda, entre eles cervejas e frios como presuntos e mortadela. Os dois estabelecimentos responderão administrativamente ao Procon-PE.

Ainda na Zona Norte, o Bompreço da Avenida Rosa e Silva também foi autuado pelos fiscais do órgão. No local, havia linguiça toscana sendo vendida sem a informação de data de fabricação e validade exposta ao cliente, que de acordo com o Código de Defesa do Consumidor (CDC) não é permitido.

Atenção na compra

“É preciso estarmos atentos. Os consumidores não devem apenas verificar os preços, é preciso verificar a validade, as condições de consumo dos produtos e, principalmente, a maneira como eles estão sendo expostos à venda”, alerta o secretário de Justiça e Direitos Humanos de Pernambuco, Pedro Eurico. De acordo com o Procon-PE, todos os produtos encontrados com vencimentos nos estabelecimentos foram descartados no ato da fiscalização.

Grupo BIG

O grupo BIG, responsável por um dos estabelecimentos, enviou uma nota sobre o caso. Confira, na íntegra:

A empresa informa que possui procedimentos internos que garantem acuracidade das informações das embalagens dos itens encontrados em loja. A empresa ressalta que este episódio consiste num fato isolado, alheio à rotina operacional da loja, e que já está apurando as causas para tomar as providências necessárias. 

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.