TRAGÉDIA

Amiga de mulher estrangulada e concretada em parede: 'Morreu lutando para viver'


Joice Maria da Glória Rodrigues, de 25 anos, foi morta por um pedreiro em São Paulo. Familiares e amigos fizeram homenagens nas redes sociais

Suzyanne Freitas
Suzyanne Freitas
Publicado em 07/10/2021 às 19:45
Arquivo Pessoal
FOTO: Arquivo Pessoal
Leitura:

O assassinato da jovem identificada por Joice Maria da Glória Rodrigues, de 25 anos, que foi estrangulada e concretada em uma parede por um pedreiro chocou milhares de pessoas. O crime, que aconteceu no litoral de São Vicente, em São Paulo, trouxe desolação para família e amigos da vítima. Nas redes sociais, Joice recebeu as últimas homenagens de parentes e colegas. Segundo informações do portal Metrópoles, uma das amigas da jovem disse que Joice “morreu lutando para viver”.

Em um depoimento no Facebook, a amiga exaltou a vítima e falou sobre a família que ela construiu. A vítima era casada desde 2013 e tinha duas filhas. “Quem a conheceu sabe o quanto ela era alegre, onde chegava mudava totalmente o ambiente, amava a família mais que tudo, estava sempre fazendo as pessoas rirem, ela era forte e sempre correu atrás do que queria, sempre disposta a ajudar”, conta a amiga.

>>Jovem de 25 anos morta e concretada em parede tinha relação amorosa com pedreiro, diz polícia

A sogra da jovem concretada também usou as redes sociais para escrever palavras de carinho pela única nora. “Você deixará muita saudade, minha única nora. Era assim que você gostava de ser chamada. Vamos te amar para sempre”, escreveu em uma rede social.

Outras homenagens

As homenagens para Joice Maria seguem com mensagens de amor e amigos ainda incrédulos com a morte dela. “Não estou conseguindo acreditar que você se foi Joice Maria, vai deixar saudades. Descansa em paz minha baixinha, eternamente no meu coração. Que maldade, dói muito”, disse um amigo. “Basta tudo que nós mulheres estamos passando, quanta falta de respeito, quantos assédios, quantas mortes, quantos ataques”, pontuou outra conhecida.

Relacionamento amoroso

A Polícia Civil de São Vicente revelou uma nova informação sobre a morte da jovem Joice Maria da Glória. Segundo o delegado Thiago Bonametti, Joice tinha relacionamento amoroso com um dos pedreiros presos pelo feminicídio. “O que nós temos de concreto, apurado, é que ela foi ao local para ter uma relação consentida com um dos presos, e com o segundo indivíduo ela teve uma desavença. Este segundo indivíduo começou a agredi-la, estrangulá-la, com uma camiseta preta. E o primeiro começou a ajudar o segundo a terminar de estrangulá-la”, disse Bonametti. O delegado também afirmou que a polícia cogita que tenha havido estupro no local do crime. É possível que o segundo pedreiro tenha tentado forçar Joice a fazer sexo a três. Laudos periciais devem ajudar a confirmar ou não essa informação.

Calcinhas encontradas

Outra novidade do caso é que um dos pedreiros detidos assumiu que usava calcinhas encontradas no local do assassinato. O corpo de Joice, que era casada e tinha duas filhas, foi escondido em uma parede de concreto no vão embaixo da escada de um terreno em obras.

Desaparecimento

Joice Maria da Glória Rodrigues, 25 anos, desapareceu no dia 27 de setembro. A jovem residia com o marido e duas filhas no bairro Quarentenário, na área continental da cidade de São Vicente. Segundo a família, a estudante saiu para visitar o avô, no bairro Parque Bitaru, na área insular, e desapareceu. Os parentes registraram um boletim de ocorrência de desaparecimento de pessoa na Delegacia Sede de São Vicente, para a polícia investigar o caso. Dois suspeitos foram identificados e presos. Nesta terça-feira (5/10), um pedreiro de 56 anos relatou em depoimento que usou drogas e manteve relações sexuais com a vítima antes de a estrangular com uma camiseta. Depois, o homem concretou o corpo em uma parede de um imóvel em construção na Rua Senador Lúcio Bittencourt, no bairro Esplanada dos Barreiros, em São Vicente. Os policiais da 3ª Delegacia de Investigações sobre Homicídios da DEIC consideram o homem de 56 anos responsável pela morte de Joice. Ele foi preso em flagrante na terça-feira (5) por ocultação de cadáver. Um homem de 35 anos, que também foi detido, é suspeito de auxiliar no crime.

Notícias policiais da TV Jornal

Quer ficar acompanhando as notícias policiais da TV Jornal? Você pode ter acesso rápido a todas elas no nosso grupo, no Facebook. Acesse aqui o grupo Notícias Policiais TV Jornal no Facebook.

Mais Lidas