Dia das Crianças

70% dos consumidores devem presentear no Dia das Crianças, diz pesquisa


Em uma loja no Centro do Recife, as vendas aumentaram 30% nos últimos dias

Caterine Costa de Oliveira
Caterine Costa de Oliveira
Publicado em 11/10/2021 às 17:20
Foto: Pixabay
FOTO: Foto: Pixabay
Leitura:

De acordo com uma pesquisa realizada pela Fecomércio-PE 70% dos consumidores devem comemorar e presentear no Dia das Crianças de alguma forma esse ano. O gasto médio nas compras pra agradar os pequenos chega a R$ 350 e quase metade desse público deve pagar as compras com o cartão de crédito. Em uma loja, na Avenida Dantas Barreto, no bairro de Santo Antônio, Centro do Recife, as vendas aumentaram em 30% nos últimos dias.

A bicicleta foi, sem dúvidas, um dos itens mais procurados nos últimos dias. Em entrevista à reportagem da TV Jornal, o pequeno Miguel, de 10 anos, contou que também pediu uma 'bike' nesse Dia das Crianças. Ele foi com a família pro Centro do Recife escolher o presente. O autônomo Jackson Gabriel diz que foi preciso pesquisar antes de levar o equipamento pra casa.

O pai da pequena Ana Nascimento, o auxiliar de serviços gerais Madison Nascimento, diz que mesmo deixando pra última hora, não podia passar o período sem um mimo.

Dados

A terceira data mais importante para o comércio deve movimentar R$ 206,2 milhões este ano em Pernambuco. A sondagem revelou que 66,5% dos consumidores da Região Metropolitana do Recife vão comemorar o Dia das Crianças em 2021. A maioria dos consumidores (68,5%) pretende comemorar com a compra de presentes, segundo a Fecomércio-PE.

Fecomércio-PE relatou que 73,4% dos comerciantes esperam vendas maiores em 2021. Nos shoppings, a previsão de um bom faturamento é ainda maior (79,6%), sobretudo entre os lojistas do varejo. Entre os motivos para o aumento das vendas, os empresários do comércio apontam a melhoria no movimento do comércio em função da vacinação (72,2%), que encoraja os clientes a irem às compras.

A pesquisa da Fecomércio-PE também apontou que os pernambucanos devem comprar dois presentes, em média, com gasto estimado de R$ 357 por consumidor. Na faixa das famílias com renda entre um e dois salários mínimos, o gasto médio fica em R$ 172, chegando a R$ 718 na faixa de mais de 10 salários mínimos. Entre os que pretendem comprar presentes, o pagamento com cartão de crédito será a principal opção (47,3%), seguido do pagamento em dinheiro (42,8%) e do cartão de débito (22,7%). O pagamento por transferências via Pix foi bastante reduzido, sendo pretendido por apenas 10,2% dos consumidores.

Itens mais procurados e onde os consumidores compram

A pesquisa da Fecomércio-PE revelou ainda que 55,6% dos consumidores pretendem comprar em lojas do comércio tradicional; 46,0% pretendem comprar em shopping centers e apenas 17,5% pretendem comprar no comércio eletrônico. Sobre os itens presenteáveis, 54% dos consumidores que pretendem presentear irão buscar brinquedos ou jogos não eletrônicos como a principal opção, seguidos de roupas (22,2%) e calçados (7,2%). Os jogos eletrônicos ou vídeo games estão na preferência de 5,4% do público.

Mais Lidas