EMPREGO

Concurso público da Secretaria de Educação de Pernambuco terá 3.500 vagas para professor; veja como participar

Anúncio foi feito na manhã desta quarta-feira (13)

Concurso público da Secretaria de Educação de Pernambuco terá 3.500 vagas para professor; veja como participar

Imagem ilustrativa. - Foto: Studio Formatura/ Galois

O governo de Pernambuco anunciou na manhã desta quarta-feira (13) que vai abrir 3.500 vagas para professores atuarem na rede pública do estado. As vagas serão preenchidas por meio de um concurso público promovido pela Secretaria de Educação estadual. O último concurso aconteceu em 2015, com 3.000 vagas. 

Concurso público da Secretaria de Educação de Pernambuco

"O edital, com o cronograma e demais informações, será divulgado em breve. O certame irá ofertar vagas para professores de todas as disciplinas da Educação Básica, da Educação Profissional, de Educação Especial, e para o Conservatório Pernambucano de Música; além de vagas para analistas em gestão educacional.

Com esse concurso, a Secretaria de Educação e Esportes de Pernambuco visa contratar profissionais qualificados, reforçando o time do Governo do Estado com a perspectiva de contribuir com a rede de ensino no longo prazo, bem como a necessidade de repor o quadro de profissionais que se aposentaram nos últimos anos, além dos demais afastamentos de servidores que geraram lacuna permanente.

“Este é o maior concurso da história da Secretaria e possibilitará a oferta de vagas em todos os municípios do território estadual. Esta é uma excelente oportunidade para os cidadãos ingressarem no time de profissionais da educação que mais se destaca no Brasil”, afirmou o secretário de Educação e Esportes de Pernambuco, Marcelo Barros.", informou o governo por meio de nota. 

Bônus

O governo também anunciou o pagamento de um bônus para professores da rede pública estadual. Confira nota na íntegra explicando o pagamento do bônus:

"Governo de Pernambuco anuncia pagamento de mais de R$ 71 milhões do Bônus de Desempenho Educacional
Neste ano, o BDE beneficiará 876 escolas e contemplará mais de 32 mil servidores

O Governo de Pernambuco, por meio da Secretaria de Educação e Esportes, anuncia, nesta quarta-feira (13), o pagamento do Bônus de Desempenho Educacional (BDE) 2021. O BDE visa premiar os servidores lotados e em exercício nas unidades escolares e nas 16 Gerências Regionais de Educação (GREs), em razão de seu desempenho no processo educacional e em conformidade com as metas e condições estabelecidas. A cerimônia acontece no Palácio do Campo das Princesas, no Recife, às 9h.

Neste ano, o valor do BDE será de mais de R$ 71,5 milhões, contemplando 876 escolas da Rede Estadual e impactando mais de 32 mil servidores. O montante representa o maior valor já pago em qualquer edição do BDE até a atualidade e irá acarretar numa distribuição média de R$ 2.214,64 por profissional, que deve ser pago nesta sexta-feira (15), Dia do Professor. É importante destacar que o valor total pago pelo BDE deste ano representa um aumento de mais de 200% em comparação com o valor pago em 2020, que foi de R$ 21,7 milhões, e contemplou 635 unidades de ensino e mais de 24 mil servidores.

De acordo com a Lei nº 13.486, de 1º de julho de 2008, que regulamenta o BDE, fica definido que o bônus tem o objetivo de promover a melhoria no processo de ensino e aprendizagem; subsidiar as decisões sobre implementação de políticas educacionais voltadas para elevação da qualidade, equidade e eficiência do ensino e da aprendizagem; bem como fortalecer a política de valorização e remuneração dos profissionais da educação, visando, primordialmente, à melhoria da qualidade do ensino prestado nas unidades escolares da Rede Estadual.

*Impacto da pandemia no BDE *
Em função do contexto de pandemia durante o ano de 2020, foi aprovado o Projeto de Lei Ordinária nº 2690/2021, proposto pelo Governo de Pernambuco, que estabelece critério excepcional de avaliação do desempenho educacional em 2021 e, desta forma, contempla os profissionais da educação com o Bônus de Desempenho Educacional.

“Vale ressaltar que Pernambuco é o único estado do País que alcançou todas as metas intermediárias estabelecidas para o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) da Rede Estadual em todas as etapas de ensino avaliadas, inclusive de forma antecipada, em todas as edições da avaliação. Então, desde 2019, Pernambuco já havia atingido todas as metas estabelecidas pelo governo federal para 2021”, ressaltou o secretário de Educação e Esportes de Pernambuco, Marcelo Barros."

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.