susto

VÍDEO: Mercado de Artesanato de Itapissuma é atingido por incêndio

Incêndio no Mercado de Artesanato de Itapissuma teve início no começo da tarde desta quarta-feira (13)

Atualizada às 17h18
Atualizada às 17h18
Publicado em 13/10/2021 às 15:33
Reprodução/ Twitter
FOTO: Reprodução/ Twitter
Leitura:

O Corpo de Bombeiros foi acionado para controlar um incêndio de grandes proporções que atingiu um imóvel no Mercado de Artesanato de Itapissuma, na Região Metropolitana do Recife, nesta quarta-feira (13). Segundo populares, o fogo teria começado em uma cafeteria.

Cerca de 60 artesãos, que comercializam no local, foram afetados pelo incêndio, que começou por volta do meio-dia. Apesar do estrago, não houve vítimas.

O secretário de Turismo de Itapissuma, Ricardo Oliveira, diz que o maior prejuízo é o sentimental. "Esse mercado foi gerado com muito amor e carinho. Era muito lindo, a gente trabalhava aqui com muita dedicação e todos unidos. Era um atrativo turístico aqui de Itapissuma. Mensurar valor financeiro é difícil porque tinha muitas peças de vários artesãos e avaliar arte é difícil", lamentou.

O secretário falou ainda que a gestão municipal vai estudar uma forma de ajudar esses artesãos.

A famosa caldeirada de Itapissuma é servida em um anexo ao mercado. A população está na expectativa para que a Defesa Civil dê o aval sobre se o espaço pode ser liberado ou não.

Incêndio

O Corpo de Bombeiros enviou ao local cinco viaturas, sendo três de combate ao incêndio, uma de comando operacional e a outra de resgate. Ainda não há informações sobre o que teria causado o incêndio e os estragos causados pelas chamas. A ocorrência foi finalizada por volta das 16h20.

Veja a nota:

Por volta das 12h50 da tarde de hoje (13/01), o Corpo de Bombeiros foi acionado para debelar chamas no Mercado Público de Itapissuma, na Rua José Gonçalves, em Itapissuma. Tratava-se de um galpão, onde funcionava um restaurante e um feira de artesanato. Foram enviadas ao local, cinco viaturas, sendo três de combate a incêndio, uma de comando operacional e uma resgate (esta última não foi utilizada por não haver vítimas). Ocorrência finalizada por volta das 16h20.

Demora

Populares reclamaram que o Corpo de Bombeiros demorou para chegar ao local.

A corporação disse que chegou ao local às 13h34 e pediu que as pessoas acionem os bombeiros antes de produzirem vídeos. "Por ser horário de pico, o tempo resposta foi a contento e as chamas foram controladas rapidamente. O Corpo de Bombeiros enfatiza que as pessoas q assistem ao incêndio devem acionar os Bombeiros de imediato, de um local seguro, antes de produzirem vídeos e postagens nas redes sociais, para a segurança de todos", diz a nota.

Veja as imagens:

  
  

Mais Lidas