Benefício

Com reajuste de 20% em comparação ao Bolsa Família, quem receberá o Auxílio Brasil? Quando começa a ser pago? Saiba as respostas


O Governo Federal falou sobre quem receberá o Auxílio Brasil, que vai substituir o Bolsa Família e auxílio emergencial

TV Jornal
TV Jornal
Publicado em 20/10/2021 às 19:11
Agência Brasil
FOTO: Agência Brasil
Leitura:

*Com informações da Agência Brasil

Nesta quarta-feira (20), houve um pronunciamento do ministro da Cidadania, João Roma, no Palácio do Planalto. Durante a declaração, o ministro afirmou que o programa Auxílio Brasil, sucessor do Bolsa Família e do Auxílio Emergencial, vai começar a ser pago em novembro e terá um reajuste de 20% no valor geral dos pagamentos.

Qual é o valor do Auxílio Brasil?

Durante o pronunciamento, o ministro João Roma informou que o valor do Auxílio Brasil pode variar de acordo com a composição de cada família, mas existe um tíquete médio, cujo valor ainda está sendo discutido.

"Então, existem famílias que estão recebendo menos de R$ 100, e tem outras que estão recebendo até mais de R$ 500. Esse programa terá um reajuste de 20%", explicou o ministro.

João Roma também informou que o aumento de 20% não será sobre o valor unitário do benefício, mas sobre a execução de todo o Auxílio Brasil.

Veja o vídeo e confira quem receberá o Auxílio Brasil.

Quando começam os pagamentos do Auxílio Brasil?

O Auxílio Brasil começa a ser pago em novembro, após o último pagamento do Auxílio Emergencial, que ocorrerá ainda nesse mês de outubro.

Ao todo, o Auxílio Emergencial atendeu mais de 68 milhões de famílias com um orçamento de R$ 379 bilhões.

.

Quem tem direito ao Auxílio Brasil?

Segundo o ministro da Cidadania, o presidente Jair Bolsonaro(PL) havia pedido que todas as famílias vinculadas ao Cadastro Único dos Programas Sociais (CadÚnico) e ao Sistema Único de Assistência Social (SUAS), classificadas em situação de pobreza e de pobreza extrema, devem receber um valor mínimo de R$ 400 dentro do novo programa.

"Ontem nós decidimos, como está chegando ao fim o auxílio emergencial, dar uma majoração para o antigo programa Bolsa Família, agora chamado Auxilio Brasil, a 400 reais", disse o presidente Jair Bolsonaro.

Fila de espera para o Auxílio Brasil

Atualmente, mais de 2 milhões de famílias esperam receber o benefício e, de acordo com o Governo, essa fila de espera para inclusão no Auxílio Brasil será zerada.

"Hoje, o programa permanente contempla 14,7 milhões de famílias, e pretendemos chegar a quase 17 milhões de famílias", prometeu João Roma.

 

Mais Lidas