VIOLêNCIA

Bebê morre após ser atingido por bala perdida enquanto cortava o cabelo; Irmão dele, de 3 anos, ficou ferido

Um homem, um adolescente e outra criança, de três anos de idade, também foram baleados. Pai do bebê publicou uma foto e fez um desabafo: "Até quando vamos perder entes queridos?"

Bebê morre após ser atingido por bala perdida enquanto cortava o cabelo; Irmão dele, de 3 anos, ficou ferido

O bebê morreu e três pessoas, incluindo o irmão dele, ficaram feridas. Além deles, dois jovens morreram nesse crime - Foto: Reprodução/Vídeo

Três pessoas foram assassinadas a tiros em Mesquita, na Baixada Fluminense, no Rio de Janeiro. Uma das vítimas é o bebê Mario Neto Ferreira Lourenço, de um 1 ano e 5 meses, atingido na barriga por uma bala perdida, dentro de uma barbearia, enquanto cortava o cabelo. O caso aconteceu na última segunda-feira (25).

>> Bandidos sequestram bebê de dois meses e três crianças para obter dinheiro com bancária no Sertão de Pernambuco

Desabafo do pai

O bebê chegou a ser levado para o Hospital Geral de Nova Iguaçu, mas não resistiu ao ferimento. Nas redes sociais, o pai da criança publicou uma foto e fez um desabafo: "Até quando vamos perder entes queridos? 1 ano e 6 meses, meu príncipe. Senhor, misericórdia. Muita dor na minha alma". 

>> Bebê recém-nascida é encontrada em terreno baldio em Pernambuco

>> Criança de 2 anos com sinais visíveis de estupro morre após dar entrada em UPA no Grande Recife

Irmão ferido

Um homem, um adolescente e outra criança, de três anos de idade, também foram baleados. O menino foi atingido de raspão no tornozelo e já recebeu alta. Ele é irmão do bebê e também estava na barbearia. "Até o irmãozinho dele fala o tempo todinho que mataram o irmão dele", falou Evanildo Pinheiro, tio das vítimas.

Mortos

Os outros mortos no tiroteio são Juan Batista de Souza, de 24 anos, que fugia dos atiradores e tentou se esconder na barbearia, e Renan Felipe Batista Nunes, de 17, morto momentos antes, à porta de casa. A polícia desconfia da atuação de milicianos.

Outras crianças mortas

Mario é a quarta criança morta na região metropolitana vítima de balas perdidas. As outras foram a menina Alice Pamplona, de 5 anos, no Rio Comprido, Ana Clara Machado, também de 5, em Niterói, e Kaio Guilherme da Silva Baraúna, de 8 anos, em Bangu. "Eu, em nome da família, pedimos somente justiça e mais nada", disse Evanildo Pinheiro.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.