futebol

Poderia ser melhor? Náutico empata com o Cruzeiro e encerra Série B no meio da tabela

A temporada de 2021 do Náutico chegou ao fim com um empate sem gols diante da raposa mineira

Robert Sarmento
Robert Sarmento
Publicado em 25/11/2021 às 21:56
Gustavo Aleixo/Cruzeiro
FOTO: Gustavo Aleixo/Cruzeiro
Leitura:

O Náutico começou a Série B de 2021 com todo o vapor. O 'Timbatível', como ficou conhecido, dominou as primeiras rodadas competição nacional e virou forte candidato ao acesso. No entanto, em um campeonato de 38 rodadas, muitas situações podem acontecer. Para a infelicidade do Náutico, algumas peças importantes tiveram que sair do time titular, como por exemplo o zagueiro Wagner Leonardo (Santos pediu o retorno) e o atacante Kieza (machucado). Ao longo da temporada, a trajetória mudou e o Náutico encerrou a participação na Segunda Divisão em um empate sem gols contra o Cruzeiro, nesta quinta-feira (25), no Mineirão. O Timbu terminou em oitavo lugar, com 53 pontos.

O jogo

Por Marcos Leandro, do Jornal do Commercio

Empurrado pelo incentivo das arquibancadas, o Cruzeiro começou em cima, pressionando bastante. Aos sete minutos, o atacante Marcelo Moreno chutou com perigo, mas para fora. Sem vários titulares, que foram liberados por Hélio dos Anjos para as férias, como Jean Carlos, Camutanga e Vinícius, o Náutico teve muita dificuldade para atacar. Hélio começou o jogo com Hereda e Thássio dobrando pelo lado direito. No ataque, Álvaro e Murillo.

Porém, só aos 20, o Náutico teve uma falta perto da área, mas Juninho Carpina cobrou muito mal. Cinco minutos depois, Trindade bateu fraco e desperdiçou uma boa jogada. Pelo lado cruzeirense, aos 33, Giovanni acertou lindo chute de fora da área, obrigando Anderson a se esticar para espalmar para escanteio. Aos 40, Wellington Nem bateu por cima. O primeiro tempo acabou com 14 finalizações dos donos da casa contra quatro dos visitantes.

Para o segundo tempo, Hélio dos Anjos fez uma mudança. Hereda deixou o gramado para a entrada do meia Vinícius Vargas - Thássio foi para a lateral direita. Mas foi o Cruzeiro que chegou com perigo, após lambança de Anderson. O goleiro foi dar um chutão para frente, mas a bola bateu em Marcelo Moreno e por pouco não entrou.

Aos 20 minutos, Vanderlei Luxemburgo colocou Rafael Sóbis em campo, para delírio da torcida. Aos 36 anos, o atacante se despediu do futebol. Aos 31, foi a vez do argentino Ariel Cabral ter a chance de dar adeus à torcida. E quase o volante hermano balança a rede aos 40. Após falta cobrada por Rafael Sóbis, Ariel Cabral acertou o travessão de Anderson. No minuto seguinte, na 27ª finalização do Cruzeiro, Ariel Cabral chutou para fora. No último lance do jogo, aos 49, Vítor Roque perdeu o gol na pequena área.

Ficha do jogo

Cruzeiro: Fábio; Rômulo, Eduardo Brock, Léo Santos e Jean (Felipe Augusto); Adriano, Lucas Ventura e Claudinho (Dudu); Wellington Nem (Vítor Roque), Giovanni (Rafael Sóbis) e Marcelo Moreno (Ariel Cabral). Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

Náutico: Anderson; Hereda (Vinícius Vargas), Rafael Ribeiro, Carlão e Júnior Tavares; Djavan, Matheus Trindade (Guilherme Nunes) e Juninho Carpina (Luiz Henrique); Thássio, Álvaro (Paiva) e Murillo (Giovanny). Técnico: Hélio dos Anjos.

Árbitro: Paulo Renato Moreira da Silva (RJ). Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG). Cartões amarelos: Júnior Tavares, Trindade, Vinícius Vargas, Giovanny e Carlão (NAU)

Mais Lidas