Polícia

'Novo Lázaro de Goiás': Assassinato de esposa, criança, idoso, tentativa de abuso sexual; Veja os crimes e últimas notícias sobre homem comparado a Lázaro Barbosa, 'serial killer de Brasília'

Saiba sobre as buscas, força-tarefa e todas as semelhanças do 'Novo Lázaro' com o 'serial killer de Brasília'

JC
JC
Publicado em 01/12/2021 às 10:46 | Atualizado em 06/12/2021 às 17:48
Notícia
Reprodução
Wanderson Mota ficou conhecido como o 'novo Lázaro' - FOTO: Reprodução
Leitura:

O caseiro Wanderson Mota Protácio, de 21 anos, está sendo procurado pelas polícias Militar e Civil de Goiás. Ele é conhecido como o 'novo Lázaro', por seus assassinatos em série e pelas semelhanças com o criminoso que ficou conhecido como o 'serial killer de Brasília', Lázaro Barbosa.

>> Lázaro Barbosa: Veja quem é a vizinha fofoqueira que denunciou a ex-sogra do serial killer de Brasília

Força-tarefa

Cerca de 50 pessoas da Polícia Militar e da Polícia Civil atuam em uma força-tarefa montada para a caça de Wanderson Mota. As equipes contam ainda com um helicóptero e cães farejadores.

O cenário é parecido com o da fuga de Lázaro Barbosa, que aproveitou a mata da região para se esconder da polícia, ao longo de sete semanas. A caçada policial terminou com a morte do criminoso, após uma troca de tiros, no fim do mês de julho de 2021.

Prisão relacionada ao caso

De acordo com o delegado Tibério Martins, um dos responsáveis pela caçada ao fugitivo, um homem foi preso, após comprar um aparelho oferecido pelo caseiro. Para o delegado, a intenção do caseiro Wanderson era juntar dinheiro para continuar a fugir.

Apesar das semelhanças com o caso Lázaro, a polícia está agindo com cautela. Por enquanto, preferem divulgar poucas informações e descartaram a necessidade dos moradores das regiões de Abadiânia e Alexânia abandonarem suas casas.

Crimes do 'novo Lázaro'

1º crime

Ele segue foragido depois de matar a esposa, grávida de quatro meses, a enteada de dois anos e oito meses, e também um fazendeiro da região. 

O crime ocorreu no domingo (28), em uma fazenda a 20 km de Corumbá de Goiás (GO).

2º crime

Depois de cometer o duplo homicídio, o homem roubou a arma do patrão e assassinou um outro fazendeiro, Roberto Clemente, de 73 anos.

Ele tentou abusar sexualmente da esposa da vítima, que se fingiu de morta, depois de ser atingida por um tiro no ombro. 

O criminoso, então, furtou a caminhonete do fazendeiro e fugiu em direção a Alexânia (GO), onde vendeu alguns objetos roubados na fazenda.

Uma pessoa foi presa, por receptação, e continuam as buscas, na região de Abadiânia e Corumbá de Goiás.

Comentários

Mais Lidas