EMPREGO

CONCURSO MINISTÉRIO DA ECONOMIA 2022: Salários chegam a R$6.130; confira vagas e veja como se inscrever


Saiu o edital do novo concurso Ministério da Economia 2022, com oferta de 2.130 vagas temporárias, sendo 300 imediatas.

Gustavo Henrique
Gustavo Henrique
Publicado em 10/01/2022 às 17:17
Foto: reprodução/internet
O homem estava com ponto eletrônico e um mini celular. - FOTO: Foto: reprodução/internet
Leitura:

O Ministério da Economia divulgou na manhã desta segunda-feira, 10 de janeiro, um novo edital de concurso público para o preenchimento de 2.130 vagas temporárias, sendo 300 imediatas e 1.830 vagas em cadastro reserva.

O Instituto de Desenvolvimento Institucional Brasileiro (IDIBAL) terá a responsabilidade do certame. O edital do concurso do Ministério da Economia 2022 vai contar com vagas para os cargos de Analista de Negócio, Analista técnico de demandas previdenciárias, judiciais e de controle e Técnico em Atividades.

>CONCURSOS EM MATO GROSSO: governo lança editais com 1,2 vagas para segurança pública

Os aprovados serão contratados por tempo determinado, para atender a uma necessidade temporária de excepcional interesse público.

Os contratados irão atuar em Brasília, no Distrito Federal. As convocações poderão ocorrer ao longo do prazo de validade da seleção, que será de dois anos, cabendo prorrogação.

Como se inscrever?

As inscrições para o concurso Ministério da Economia serão abertas nesta segunda-feira, 10, às 14h, por meio do site do Instituto de Desenvolvimento Institucional Brasileiro (Idib) , organizador.

Os interessados podem se inscrever até as 23h59 do dia 14 de fevereiro. Para isso, é preciso pagar uma taxa de R$54 (nível médio) ou de R$64 (superior), até o dia 15 de fevereiro.

O candidato poderá se inscrever para mais de uma função, desde que as provas ocorram em turnos diferentes.

Inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) e doadores de medula óssea puderam solicitar a isenção da taxa, no site da banca, entre os dias 10 e 12 de janeiro.

Quando acontecem as provas?

Os candidatos do concurso Ministério da Economia realizarão as provas em Brasília. A seleção terá duas etapas de avaliação, sendo elas: os exames objetivos e de títulos.

A prova objetiva está marcada para o dia 3 de abril, nos turnos da manhã (após as 8h), para os cargos de analista de negócios 1B e analista técnico, e da tarde (após as 14h), para as demais funções.

Ao todo, serão cobradas 60 questões, sendo 30 de Conhecimentos Gerais e 30 Específicos.

Na primeira parte, serão cobradas as disciplinas de Língua Portuguesa (15), Ética na Administração Pública e Legislação (cinco) e Noções de Informática (dez).

Será considerado habilitado o candidato que obtiver nota igual ou superior a 50% do total de pontos da prova, desde que não zere disciplinas.

A previsão é que sejam analisados os títulos dos aprovados, na objetiva, até as seguintes posições:

  • analista de negócios 1A: 157ª posição na ampla concorrência, 11ª PcD e 42ª para candidatos negros; e
  • analista de negócios 1B: 75ª posição na ampla concorrência, 5ª PcD e 20ª para candidatos negros;
    A prova de títulos valerá dez pontos, ainda que o total da pontuação enviada seja superior a esse valor.

Os documentos serão aceitos entre os dias 4 e 8 de maio. O resultado final está previsto para o dia 30 do mesmo mês.

Mais Lidas