Benefícios

Auxílio Gás e Auxílio Brasil: veja calendário e se recebe hoje, 20 de janeiro, o 'novo Bolsa Família' ou o 'vale gás'


Os calendários do Auxílio Gás e do Auxílio Brasil de janeiro já começaram

Karina Albuquerque
Karina Albuquerque
Publicado em 20/01/2022 às 7:48
Notícia
DIVULGAÇÃO/AEN.PR.GOV.BR
LEVANTAMENTO Regiões Sul e Sudeste são aquelas em que os acordos salariais mais ultrapassam a inflação - FOTO: DIVULGAÇÃO/AEN.PR.GOV.BR
Leitura:

Os calendários do Auxílio Gás 2022 e do Auxílio Brasil 2022 continuam nesta quinta-feira (20). Os pagamentos dos dois benefícios começaram na terça-feira (18).

Segundo o Ministério da Cidadania, 3,06 milhões de famílias foram incluídas no Auxílio Brasil em janeiro, passando a totalizar 17,5 milhões de lares beneficiários. Com a ampliação, a pasta afirma ter "zerado a fila das famílias elegíveis de 2021".

O Auxílio Gás está sendo pago pela primeira vez, em 2022, para o público geral. Os pagamentos começaram em dezembro de 2021 para beneficiários em situação de emergência. Para 2022, o Auxílio Gás tem orçamento de R$ 1,9 bilhão. 

Confira abaixo os calendários do Auxílio Gás e do Auxílio Brasil e veja se recebe algum benefício nesta quinta (20).

Onde cai o dinheiro do Auxílio Brasil?

O recurso, que tem valor mínimo de R$ 400, pode ser sacado nos terminais de autoatendimento, em lotéricas e agências bancárias da Caixa.

O dinheiro também pode ser movimentado virtualmente, por meio do aplicativo Caixa Tem, para o pagamento de contas domésticas, boletos ou compras em estabelecimentos como mercados e farmácias.

O Auxílio Gás, ou vale gás, vai ser pago junto com o Auxílio Brasil?

Os pagamentos do Auxílio Gás, também conhecido como vale gás, acontecem junto com o calendário do Auxílio Brasil. Assim, os pagamentos do Auxílio Gás são de acordo com o Número de Identificação Social (NIS) das pessoas cadastradas.

Recebem o Auxílio Gás os brasileiros que se encaixam nos requisitos do programa [saiba mais abaixo]

Em janeiro, os depósitos vão até o dia 31 (confira calendário completo do auxílio gás abaixo).

Calendário do Auxílio Gás 2022 em janeiro

A primeira parcela do Auxílio Gás foi disponibilizada em 27 de dezembro de 2021, para 108 mil famílias que sofreram com as recentes chuvas fortes nos estados de Minas Gerais e Bahia.

Os demais beneficiários começam a receber o Auxílio Gás agora em janeiro de 2022, desde essa terça-feira (18), segundo calendário do Auxílio Brasil.

A Caixa Econômica Federal libera, nesta 5ª feira (20), a terceira parcela do Auxílio Gás para os beneficiários com Número de Inscrição Social (NIS) final 3. O calendário do Auxílio Gás é o mesmo do Auxílio Brasil [veja abaixo].

Calendário do Auxílio Brasil em janeiro de 2022

O calendário de pagamentos de 2022 começou nessa terça, 18 de janeiro. Para saber em que dia o benefício fica disponível para saque ou crédito em conta bancária, a família deve observar o último dígito do Número de Identificação Social (NIS), impresso no cartão de cada titular.

Para cada final do NIS há uma data correspondente.

A Caixa Econômica Federal paga, nesta quinta-feira (20), a terceira parcela do Auxílio Brasil às famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), com o Número de Identificação Social (NIS) final 3.

Onde tirar dúvidas?

Em caso de dúvidas, há três canais de atendimento. O número 121, do Ministério da Cidadania, reúne informações e é a central para denúncias.

O número 111 é o canal de Atendimento ao Cidadão da Caixa Econômica Federal, e congrega informações sobre o cartão e o saque do benefício.

Também é possível acompanhar as principais informações sobre o benefício pelo aplicativo Auxílio Brasil, da Caixa Econômica Federal.

Calendário completo do Auxílio Gás e do Auxílio Brasil 2022

O Auxílio Gás e o Auxílio Brasil são pagos segundo o mesmo calendário.

Lembrando que o Auxílio Brasil é pago todos os meses e o Auxílio Gás é pago a cada dois meses. Confira abaixo o calendário completo do Auxílio Gás 2022:

Divulgação/Governo Federal
Calendário do Auxílio Brasil 2022 completo - Divulgação/Governo Federal

Comentários

Mais Lidas