LIBERADO

USO DE MÁSCARA: Veja como foi o primeiro dia de mudanças no Grande Recife após flexibilização


Veja como foi o primeiro dia de mudanças no Grande Recife após o uso de máscaras deixar de ser obrigatório em locais abertos

Fernanda Cysneiros
Fernanda Cysneiros
Publicado em 29/03/2022 às 10:52
Notícia
Severino Soares/TV Jornal
Confira como foi o primeiro dia no Grande Recife após flexibilização do uso de máscaras - FOTO: Severino Soares/TV Jornal
Leitura:

O uso de máscaras em locais abertos deixou de ser obrigatório em todo o Estado de Pernambuco a partir desta terça-feira (29).

O anúncio foi feito pelo governador Paulo Câmara na tarde de ontem (28).

A medida foi justificada pela queda dos índices relacionados ao avanço da Covid-19 no estado.

"Além dos casos, óbitos e solicitações de vagas em UTI estarem em patamares baixos, o índice de positividade nos exames processados chegou a 0,95%, o menor número desde o início da pandemia", diz o boletim. 

Veja como foi o primeiro dia de mudanças no Grande Recife após a flexibilização.

Uso de máscara; Uso de máscara em Pernambuco

De acordo com o informe, o uso de máscaras não será mais obrigatório em ambientes abertos

Além disso, segundo o governador, os eventos irão poder contar com 100% da capacidade do público, o que inclui shows, festas e jogos em estádios de futebol.

Confira o discurso na íntegra: 

A comprovação do esquema vacinal completo com a dose de reforço ainda é obrigatória para o acesso aos eventos, bares e restaurantes.

Paulo Câmara reforçou também sobre a importância da vacinação na luta contra o novo coronavírus, ao  incentivar a imunização daqueles que ainda não completaram o passaporte vacinal. 

A maioria dos municípios pernambucanos, inclusive, já começaram a aplicar a quarta dose em idosos acima dos 65 anos. 

Primeiro dia no Grande Recife 

Vale ressaltar que em locais fechados, como ônibus e metrôs, o uso de máscaras permanece obrigatório.

Nesta terça-feira (29), imagens registraram um cenário dividido no Terminal Integrado Joana Bezerra: alguns passageiros circulavam sem máscaras, enquanto outros preferiram continuar com a proteção.

Nas imagens, foi possível observar ônibus cheios, filas com pessoas sem máscaras e algumas máscaras de proteção no bolso. 

*Matéria em atualização

 

Comentários

Mais Lidas