Espaço

Após seis meses numa missão espacial, astronautas chineses retornam à Terra


Depois de 183 dias numa estação espacial em construção, astronautas voltaram à Terra

Humberto Cassimiro
Humberto Cassimiro
Publicado em 16/04/2022 às 17:55
Notícia
STR / AFP
Astronaustas desembarcaram em solo chinês neste sábado (16) - FOTO: STR / AFP
Leitura:

Com informações da AFP

Após a missão espacial tripulada mais longa da China, três astronautas pousaram na região da Mongólia Interior neste sábado (16). As informações são da mídia estatal chinesa.

A equipe, que tinha uma mulher e dois homens — Wang Yaping, Zhai Zhigang e Ye Guangfu—, voltou à Terra numa pequena cápsula às 10h, aproximadamente, no horário local (ou 23h da sexta-feira no horário de Brasília).

Foram 183 dias, ou seis meses, na estação espacial chinesa Tiangong, que ainda está sendo montada. "A cápsula de reentrada do Shenzhou-13 pousou com sucesso", informou a emissora estatal CCTV.

A estação espacial

Os astronautas partiram do deserto de Gobi, no noroeste da China, em outubro do ano passado. A missão é a segunda de quatro missões tripuladas planejadas entre 2021 e 2022 para montar a estação.

Localizada a uma altitude de 350-400 km, a estação Tiangong (que significa "Palácio Celestial" em mandarim) deve ter três módulos.

No entanto, apenas o módulo Tianhe ("Harmonia Celestial"), está em órbita no momento, e foi onde os astronautas se alojaram durante o período

Nesses seis meses, duas caminhadas espaciais também foram realizadas pelos tripulantes. Uma dessas caminhadas, inclusive, fez com que Wang Yaping se tornasse a primeira mulher chinesa a realizar uma caminhada espacial.

Mais Lidas