Violência

Entregador de aplicativo é esfaqueado enquanto trabalhava no Recife

Ele estava numa bicicleta quando foi abordado por dois assaltantes; vítima recebeu facadas em três partes do corpo

Humberto Cassimiro
Humberto Cassimiro
Publicado em 18/04/2022 às 20:39 | Atualizado em 19/04/2022 às 14:37
Notícia
Reprodução / TV Jornal
Imagens mostram pessoas que passavam pelo socorrendo a vítima - FOTO: Reprodução / TV Jornal
Leitura:

Com informações da repórter Dyandhra Monteiro, da TV Jornal

Um entregador de aplicativo foi esfaqueado na Avenida Recife, no bairro de Jardim São Paulo, Zona Oeste do Recife.

Ele estava numa bicicleta quando foi abordado por dois assaltantes. Wesley de Freitas Ferreira, de 24 anos, foi atingido pelas facadas na região do tórax, no ombro e no braço.

Os ferimentos causados pelos golpes de faca foram graves e o entregador precisou ser socorrido para o Hospital Getúlio Vargas, também na Zona Oeste da capital.

Segundo familiares da vítima, Wesley permanece internado, mas já saiu da sala vermelha da unidade e está sendo medicado no ambulatório, ainda sem previsão de alta.

Imagens feitas por pessoas que passavam pelo local mostram o momento em que o jovem foi socorrido.

Um dos assaltantes foi capturado e espancado por pessoas que presenciaram o crime.

Ele foi autuado em flagrante por tentativa de latrocínio (roubo seguido de morte) e encaminhado ao Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel).

FAMÍLIA E COLEGAS RELATAM INSEGURANÇA NA PROFISSÃO

A mãe da vítima, a cozinheira Cecília da Conceição, relatou o susto que passou quando soube o que aconteceu com o filho.

"Ligaram pra mim, os próprios amigos de aplicativo que estavam no local do ocorrido, informando [que houve] uma tentativa de assalto e que esfaquearam o meu filho em três lugares", conta.

Wesley trabalha há 4 anos como entregador de aplicativo e, de acordo com a mãe, não é a primeira vez que ele é assaltado durante o trabalho.

"Nas outras vezes ele perdeu tudo, e dessa vez quase — Deus o livre — perdia a vida", diz Cecília.

Vários entregadores de aplicativo estiveram na frente do hospital para dar apoio à família da vítima.

O representante da categoria, Dimas Francisco, denunciou a insegurança na rotina da profissão: "A gente, quando vai para a rua, não sabe o que está nos esperando".

"Então, o que a gente pede é segurança", finaliza.

Nota da Polícia Civil na íntegra

A POLÍCIA CIVIL DE PERNAMBUCO informa que prendeu em flagrante delito, por meio da Equipe de Força Tarefa de Homicídios da Capital, no dia 18 de abril, um homem de 21 anos. O autor foi autuado por Roubo Seguido de Morte (Tentado) que vitimou um homem de 25 anos, no bairro da Estância, com golpes de arma branca. A vítima foi levada a uma unidade hospitalar local e o autor conduzido à delegacia para realização dos procedimentos cabíveis.

 

Comentários

Mais Lidas