MORTE

Idoso de 67 anos é suspeito de matar filho de desembargador a facadas após briga por conta de barulho; veja vídeo

O idoso foi preso em flagrante. De acordo com a esposa da vítima, vizinho e filho do desembargador já tiveram outras desavenças.

Catêrine Costa
Catêrine Costa
Publicado em 21/05/2022 às 18:12
Notícia
Reprodução/ UOL
O professor de história Júlio César Lorens Júnior, de 28 anos, morreu depois de ser esfaqueado por um idoso de 67 anos - FOTO: Reprodução/ UOL
Leitura:

O filho de um desembargador de Minas Gerais foi morto a facadas por um vizinho na última quinta-feira (19).

O professor de história Júlio César Lorens Júnior, de 28 anos, morreu depois de ser esfaqueado por um idoso de 67 anos, após uma briga por conta de barulho. 

BRIGA

De acordo com informações do UOL, o rapaz se incomodou com barulhos de móveis e marteladas por conta de uma mudança que ocorria no apartamento de cima.

Incomodado, decidiu subir, tocou campainha e, segundo consta na versão passada pela Polícia Militar, jogou spray de pimenta no rosto do idoso, que não teve o nome divulgado.

O vizinho conseguiu pegar uma faca e desferiu golpes na região do tórax do rapaz, que é filho do desembargador Júlio César Lorens, do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG).

Após as facadas, uma pessoa se aproximou e o idoso deixou o local. O filho do desembargador chegou a ser levado a um hospital, mas não resistiu. 

CÂMERAS REGISTRARAM MOMENTO

Nas imagens, é possível ver as duas partes discutindo e já partindo para a violência, subindo e descendo as escadas até que ambos são vistos descendo com chutes, tapas e socos, e o homem mais velho dá pelo menos duas facadas no vizinho e volta para o apartamento, sem prestar socorro.

O jovem de 28 anos cambaleia e cai sem forças no chão.

BRIGAS ANTERIORES

De acordo com novas informações da Polícia Militar, a esposa da vítima afirmou que o marido e o suspeito já tiveram desavenças e a briga não tinha sido o primeiro embate entre os dois.

SUSPEITO PRESO

O suspeito foi preso em flagrante. Ele disse aos policiais que pegou a faca porque é mais velho e queria se defender.

O idoso já foi encaminhado ao sistema prisional de Belo Horizonte.

*Com informações do UOL

Comentários

Mais Lidas