Homicídio

MC é assassinada com tiros na cabeça: 'Louka MDC' foi morta quando fazia música com amigo em Águas Compridas, em Olinda

Artista conhecida como Louka MDC foi morta a tiros na Ladeira do Giz, em Águas Compridas

Maria Clara Batista
Maria Clara Batista
Publicado em 06/07/2022 às 8:32 | Atualizado em 06/07/2022 às 9:32
Notícia
Reprodução / Primeiro Impacto PE
Artista conhecida como Louka MDC foi morta a tiros na Ladeira do Giz, em Águas Compridas - FOTO: Reprodução / Primeiro Impacto PE
Leitura:

*Com informações do repórter Adúlccio lucena e imagens do cinegrafista Artur Borba

Na madrugada desta quarta-feira (6), a MC Vanessa Fernanda Henrique Aniceto - conhecida como Louka MDC - foi morta a tiros na Ladeira do Giz, local conhecido pelo alto índice de criminalidade, no bairro de Águas Compridas, em Olinda

A artista tinha 19 anos de idade.

Um amigo da MC, Adriano André Pereira da Silva, de 17 anos, também foi atingido pelos disparos. Policiais do 1º batalhão isolaram a área até a chegada dos agentes da Polícia Civil.

MC de 19 anos é assassinada com tiros na cabeça em Olinda

O crime aconteceu na Rua do Amanhecer, no bairro de Águas Compridas, na subida da Ladeira do Giz.

Testemunhas contaram a polícia que a vitima se encontrou com um amigo em Águas Compridas para juntos produzirem uma nova música. Neste momento, homens armados se aproximaram e efetuaram os disparos contra os dois.

VEJA O LOCAL DO CRIME, EM OLINDA

Artur Borba / TV Jornal
O crime aconteceu na Rua do Amanhecer, no bairro de Águas Compridas, na subida da Ladeira do Giz - Artur Borba / TV Jornal

Segundo os peritos do Instituto de Criminalística, a jovem foi atingida por vários tiros na cabeça e morreu na hora. O amigo de Vanessa foi socorrido para a Policlínica da Campina do Barreto e depois transferido para o hospital Getúlio Vargas, no Recife.

A motivação e a autoria do crime ainda são desconhecidas da polícia, mas uma equipe da força tarefa de homicídios esteve no local para dar início as investigações.

Após os trabalhos dos peritos, o corpo da vítima foi encaminhado ao IML do Recife.

As famílias das vítimas não quiseram gravar entrevista.

 

Comentários

Mais Lidas