ADEUS

Safadão se emociona e chora no velório de Gabriel Diniz

Durante a missa de corpo presente de Gabriel Diniz, o cantor Wesley Safadão prestou uma homenagem ao amigo Gabriel Diniz

Safadão se emociona e chora no velório de Gabriel Diniz

Wesley Safadão participou da despedida - Foto: Felipe Ribeiro / JC Imagem

com informações do Social 1

O corpo do cantor Gabriel Diniz, que morreu em um acidente de avião nessa segunda-feira (27), foi enterrado na tarde desta terça-feira (28) sob forte comoção. Amigos, familiares e fãs se despediram do cantor em João Pessoa, cidade em que Gabriel morava desde a adolescência. Durante a missa de corpo presente de Gabriel Diniz, o cantor Wesley Safadão prestou uma homenagem ao amigo. Ele chegou ao lado da mulher, Thyane Dantas, e da mãe, dona Bill. Visivelmente emocionado, chorou ao lado do caixão e teve que ser amparado pela esposa. 

"Eu agradeço a Deus por ter me permitido compartilhar momentos especiais da vida dele. Ter feito parte da história. A gente fica sem querer acreditar [na morte do artista], mas Deus sabe de todas as coisas. Se eu já achava o Gabriel uma pessoas especial não só para nós, mas para Deus, agora eu tenho certeza disso mais do que nunca", declarou, bastante emocionado, Wesley Safadão.

 

>> O nome dele era Gabriel Diniz

O cantor Wesley Safadão lembrou ainda das últimas vezes em que esteve com Gabriel Diniz. "O Gabriel vivia no seu melhor momento, literalmente. Eu me lembro que as últimas vezes que a gente se encontrou, os últimos meses, o que ele mais falava era: 'Olhe, chegou a minha vez. Agora é a minha vez. Eu vou trabalhar mais ainda, eu vou conseguir realizar todos os meus sonhos. A última vez que a gente se encontrou ele falou que estava construindo a casa dele", contou.

Safadão era considerado um dos padrinho de GD e participou, inclusive, dos dois DVDs gravados pelo artista, no Mirabilândia, em Olinda, e em Fernando de Noronha. No dia do acidente aéreo que vitimou o cantor, Safadão postou vários stories com fotos dos dois juntos.

O enterro

O corpo do cantor Gabriel Diniz, que morreu em um acidente de avião nessa segunda-feira (27), foi enterrado na tarde desta terça-feira (28) sob forte comoção. Amigos, familiares e fãs se despediram do cantor em João Pessoa, cidade em que Gabriel morava desde a adolescência. O caixão com a bandeira do Botafogo da Paraíba, time do coração do cantor, percorreu em cortejo cerca de quatro quilômetros, em cima de uma viatura do Corpo dos Bombeiros, até o Cemitério Parque das Acácias.

Velório

Aberto ao público, o velório de Gabriel Diniz começou por volta das 8h no Ginásio Poliesportivo Ronaldo Cunha Lima, mais conhecido como Ronaldão, em João Pessoa, na Paraíba. Fãs e admiradores deram o último adeus ao artista. Antes, houve uma cerimônia reservada para amigos e familiares de GD, como carinhosamente era chamado.

Os músicos da banda de Gabriel Diniz chegaram juntos no ônibus do cantor. Perto do caixão, um deles discursou e iniciou a oração do Pai Nosso, que foi acompanhada pelos presentes. Para o percussionista da banda, o último show, que aconteceu em Feira de Santana, na Bahia, foi incrível. "O show teve uma energia muito boa, que a gente não tinha como dizer que era o último show", declarou.

O cantor Xand Avião também homenageou Gabriel Diniz. "Ele viveu a vida intensamente. Viveu cada segundo como ele quis, com ousadia e com a alegria dele", disse emocionado. "Ontem a minha filha pegou na minha mão e disse: Ainda bem que ele deixou a música para a gente ouvir", encerrou o discurso.

O acidente

O avião monomotor que levava o cantor Gabriel Diniz caiu no início da tarde dessa segunda-feira (27) em uma área de mangue próximo ao povoado de Porto do Mato, no município de Estância, Sergipe. Além do artista, morreram o piloto e o copiloto da aeronave.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.