IML

Parentes vão ao IML buscar o corpo da vítima de feminicídio em Aliança


Os familiares do Edinaldo Simplício de Lima Ferreira, que depois do crime cometeu suicídio, também estiveram no local

Robert Sarmento
Robert Sarmento
Publicado em 01/08/2019 às 20:12
Reprodução/TV Jornal
FOTO: Reprodução/TV Jornal
Leitura:

Enquanto aguardavam a liberação do corpo, os parentes de Ana Maria Alves Batista, vítima de feminicídio, afirmaram que estavam com a sensação de que algo ruim poderia acontecer, diante do ciúme de Edinaldo Simplício de Lima Ferreira, ao ter estrangulado a companheira e depois se suicidar. O caso aconteceu no município de Aliança, na Zona da Mata Norte de Pernambuco.


A írmã de Ana Maria confirmou que o casal estava junto há cerca de dois anos e se separaram algumas vezes, mas voltaram recentemente. Os parentes de Edinaldo, que também foram ao Instituo=ro Médico Legal (IML) para buscar o corpo, relataram que ele ligou contando o que aconteceu e atitude de se matar em seguida.

Crime

A doméstica de 54 anos foi encontrada com sinais de estrangulamento pelo companheiro, na noite de ontem (31). A vítima estava na casa dela, na Rua da União, no centro da cidade, quando o companheiro chegou. Houve uma discussão e ele teria matado a companheira estrangulada. Em seguida, o homem fugiu para a casa da ex-mulher, no distrito de Caueiras.