APELO

Jovem portadora de leucemia pede ajuda para comprar remédios

Uma caixa do remédio custa R$ 45 mil. O Governo do Estado se comprometeu em custear os medicamentos, porém, eles foram entregues apenas uma vez

Jovem portadora de leucemia pede ajuda para comprar remédios

Gildréanny pede urgentemente que o estado possibilite a compra das medicações, já que ela não tem como pagar. - Foto: Reprodução/TV Jornal

Uma jovem de 23 anos, que sofre de leucemia, precisa de remédios caros para impedir o avanço da doença. Gildréanny da Silva já ficou em coma, por causa de uma infecção generalizada, e até precisou ter os dedos dos pés amputados. Ela pede urgentemente que o Governo possibilite a compra das medicações, já que ela não tem como pagar.

Ela revela que entrou na Justiça para que os medicamentos fossem comprados pelo Governo do Estado e, meses depois, a decisão foi acatada a seu favor. No entanto, os remédios só foram entregues uma única vez. 

Para se ter ideia, uma caixa da medicação gira em torno de R$ 45 mil. Enquanto não consegue os remédios, Gildréanny, que é de família católica, reza e pede ajuda aos políticos de Pernambuco. "Tenham um pouco de empatia pelos mais necessitados, visitem hospitais. A situação não está fácil, todos precisam de remédios e não temos a quem recorrer", disse, em tom de apelo. 

Confira a reportagem

Nota

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) disse que está acompanhando o caso, por meio do núcleo de ações judiciais, e que já está no processo de aquisição dos remédios citados na reportagem. Por nota, a Secretaria ainda disse que o Estado precisa seguir todos os trâmites legais da administração pública para aquisição dos medicamentos. O órgão não estabeleceu um prazo para a chegada dos remédios. 

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.