pedido de justiça

Homem denuncia que o filho levou oito tiros em ação de policiais do Bope


O denunciante conta que os policiais chegaram atirando na comunidade Salinas, em Porto de Galinhas

Robert Sarmento
Robert Sarmento
Publicado em 22/11/2019 às 19:19
Acervo/JC Imagem
FOTO: Acervo/JC Imagem
Leitura:

Um morador de Porto de galinhas, em Ipojuca, na Região Metropolitana do Recife, denuncia que o filho dele, de 22 anos, foi atingido por oito tiros depois que policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope) entraram na comunidade Salinas com quatro viaturas. Ele diz que o rapaz é inocente e que as ações dos policiais na localidade são violentas. A denúncia aconteceu nesta sexta-feira (22).

De acordo com a denúncia, a vítima seguia para a praia de porto de galinhas onde trabalha como barraqueiro, quando supostos policiais chegaram atirando. Os parentes na registraram queixa na Corregedoria da SDS e agora pedem justiça.

Internado

A vítima teria sido socorrida em uma viatura para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Ipojuca e depois transferida para o Hospital Dom Hélder, no Cabo de Santo Agostinho. A família informou que o rapaz está sendo custodiado na ala vermelha do hospital e os médicos e não passam nenhuma informação sobre o estado de saúde dele.

Resposta da polícia

Em nota, a Polícia Militar informou que foi recebida a tiros na comunidade e que, na troca de tiros, três suspeitos ficaram feridos. Um deles não resistiu aos ferimentos e os outros dois foram transferidos para o Hospital Dom Hélder Câmara. Durante a operação foram apreendidas armas, munições e pedras de crack.

Nota do hospital

A assessoria de imprensa do hospital disse que a esposa do homem teve acesso à vítima. O rapaz passou por cirurgia, permanece estável e sem previsão de alta.