PRISãO

Suspeitos de matar policial que iria trabalhar são presos

Em depoimento, os criminosos indicaram a participação de um quarto suspeito

Suspeitos de matar policial que iria trabalhar são presos

A arma usada pelos criminosos foi apreendida e encaminhada para a Delegacia de Polícia do Cabo - Foto: Divulgação

Foram presos na tarde desta quinta-feira (09), os outros dois suspeitos de matar o policial militar identificado por Givanilton da Rocha Pessoa, de 59 anos, que foi baleado durante um assalto a ônibus, quando iria trabalhar na noite da última quarta (08), em Ponte dos Carvalhos, no Cabo de Santo Agostinho, na Região Metropolitana do Recife.

Confissão

Os dois rapazes foram presos no Loteamento Nova Era. Em depoimento, eles confessaram a participação no homicídio do sargento e indicaram ainda a participação de um quarto suspeito, que está sendo procurado.

>>>Policial morre após assalto a ônibus enquanto ia trabalhar no Cabo

Terceiro suspeito ferido

O terceiro suspeito, de 17 anos, também foi ferido. Ele está internado em uma unidade de saúde do Cabo de Santo Agostinho, sob custódia da Polícia Militar.

Arma usada

A arma usada pelos criminosos foi apreendida e encaminhada para a Delegacia de Polícia do Cabo de Santo Agostinho, juntamente com os jovens para a tomada das medidas legais.

 

Relembre o caso

Um policial militar foi baleado durante um assalto a ônibus, em Ponte dos Carvalhos, no Cabo de Santo Agostinho, na Região Metropolitana do Recife. De acordo com a polícia, o 3º sargento reformado Givanilton da Rocha Pessoa, de 59 anos, saiu de casa, nessa quarta-feira (8), e seguia para o trabalho.

Os criminosos pediram parada, quando o coletivo passava pela BR-101. Eles subiram pela porta traseira e já anunciaram o assalto. O sargento teria reagido e acabou sendo baleado na cabeça. Ele chegou a ser socorrido para o Hospital da Restauração, no bairro do Derby, área central do Recife, mas não resistiu.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.