ROTINA

Com medo do coronavírus, grávidas mudam organização e rotina para chegada de bebê

A médica veterinária, Carolina Machado, optou por ter o filho em parto caseiro

Com medo do coronavírus, grávidas mudam organização e rotina para chegada de bebê

Grávidas estão no grupo de risco do novo coronavírus - Foto: Pixabay

A pandemia do novo coronavírus mudou repentinamente a forma como as grávidas estão se organizando para a chegada do bebê. Por estarem inseridas no grupo de risco, algumas delas têm optado pelo parto dentro de casa, como foi o caso da médica veterinária, Carolina Machado, grávida de oito meses do primeiro filho.

Ela contou que teve um início de gestação cheio de intercorrências que foram superadas, mas a chegada do bebê bem na época da covid-19 vem deixa a mamãe de primeira viagem bastante preocupada.

>>>Grávidas e bebês têm mais riscos de contrair o novo coronavírus? Especialista responde<<<

>>>COVID-19: Profissionais tiram dúvidas de grávidas através da internet<<<

>>>Mulheres grávidas precisam de cuidados especiais contra o coronavírus<<<

>>>Projeto esclarece dúvidas de grávidas em relação ao coronavírus<<<

 

Parto normal

Com medo da contaminação do vírus, a mulher está vai fazer um parto normal dentro da própria residência, pois se sente mais segura em dar a luz ao filho em casa. Em relação à essa decisão, a parteira Marcelly Carvalho revela quais os cuidados que se deve ter em um parto humanizado dentro de casa.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.