RESPIRADORES

Coronavírus: Recife obtém liminar favorável à entrega de respiradores


Ao todo, 122 respiradores estão distribuídos nas unidades de saúde

Suzyanne Freitas
Suzyanne Freitas
Publicado em 05/05/2020 às 19:55
Reprodução/ iStock
FOTO: Reprodução/ iStock
Leitura:

A Prefeitura do Recife conseguiu na Justiça, em decisão liminar, que uma das empresas fornecedoras dos dispositivos fosse obrigada a fazer a entrega de 36 ventiladores. Desde o início da pandemia do novo coronavírus, a gestão havia feito a compra de 500 equipamentos. Ao todo, 122 respiradores estão distribuídos nas unidades de saúde. Atualmente, a cidade conta com 313 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) construídos e apenas 114 em funcionamento.

Pedido

O pedido foi feito pela Procuradoria Geral do Município (PGM) nessa segunda (04), e a decisão foi proferida no mesmo dia pelo juiz Djalma Andrelino Nogueira Junior, da 4ª Vara da Fazenda Pública da Capital, que determinou a garantia de entrega dos 36 respiradores no prazo determinado na Ata de Registro de Preço que balizou a compra 60 dias após a emissão dos empenhos, feitos nos dias 13 e 18 de março, respectivamente, o que prevê entrega dos equipamentos médicos nos dias 13 e 18 de maio.

Caso descumpra a medida judicial, a Lifemed será multada em R$ 100 mil diários e a medida também prevê a apreensão dos bens neste caso.

Respiradores consertados pelo Senai são entregues

Nesta terça-feira (05), nove respiradores consertados pelo Serviço Nacional de Aprendizagem (Senai) de Pernambuco foram entregues à rede pública de saúde de Pernambuco. Os equipamentos serão levados para Maternidade Brites de Albuquerque, na Cidade Tabajara, em Olinda, reaberta em abril exclusivamente para receber pacientes diagnosticados com o novo coronavírus.

A iniciativa partiu do Senai Nacional. Até o momento, 12 respiradores já foram recuperados e entregues a unidades de saúde do Estado. Dessa forma, ventiladores pulmonares de hospitais públicos em desuso são consertados e voltam a ser utilizados. No Recife, as manutenções estão sendo feitas em um laboratório instalado no Senai Santo Amaro por funcionários da instituição.

De acordo com o Diretor do Tricentenário, Gil Brasileiro, a partir desta quarta-feira (6), os nove respiradores entregues pelo Senai e mais um, adquirido pelo Governo do Estado, devem estar funcionando na antiga maternidade. Agora, o hospital provisório passa a contar com 30 leitos de UTI, dos 60 previstos pela Secretaria Estadual de Saúde.

Leitos ocupados

O Diretor do Hospital revela ainda que todos os leitos do tricentenários estão ocupados. Ele também adianta que 30 novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) serão instalados na Rua São Miguel, onde vai funcionar um hospital de campanha.

O que é coronavírus?

Coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus foi descoberto em 31/12/19 após casos registrados na China.Os primeiros coronavírus humanos foram isolados pela primeira vez em 1937. No entanto, foi em 1965 que o vírus foi descrito como coronavírus, em decorrência do perfil na microscopia, parecendo uma coroa.

A maioria das pessoas se infecta com os coronavírus comuns ao longo da vida, sendo as crianças pequenas mais propensas a se infectarem com o tipo mais comum do vírus. Os coronavírus mais comuns que infectam humanos são o alpha coronavírus 229E e NL63 e beta coronavírus OC43, HKU1.

Como prevenir o coronavírus?

O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o coronavírus. Entre as medidas estão:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.
  • Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes.
  • Ficar em casa quando estiver doente.
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com freqüência.
  • Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (mascára cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).
  • Para a realização de procedimentos que gerem aerossolização de secreções respiratórias como intubação, aspiração de vias aéreas ou indução de escarro, deverá ser utilizado precaução por aerossóis, com uso de máscara N95.