CASO MIGUEL

Sonho em ser jogador de futebol e histórias de Miguel interrompidas após cair de prédio no Recife

O menino de 5 anos caiu de uma altura de aproximadamente 35 metros e não resistiu

Sonho em ser jogador de futebol e histórias de Miguel interrompidas após cair de prédio no Recife

Lembranças de Miguel seguem vivas para quem convivia com a criança - Foto: Cortesia e Juliana Oliveira/TV Jornal

Publicado por Robert Sarmento, com informações de Leonardo Vasconcelos

As recordações do menino Miguel Otávio Santana da Silva, de apenas 5 anos, estão vivas nas mentes de quem conviveu com a criança. Na escola onde o garoto estudava, desde o maternal, todos sabiam que o sonho dele era ser jogador de futebol. No caderno dele, ficaram gravadas as primeiras letras de uma história que foi interrompida após a queda do 9º andar do condomínio de luxo Píer Maurício de Nassau, conhecido como Torres Gêmeas, no bairro de São José, na área central do Recife. 

Repercussão 

A #JustiçaPorMiguel alcançou o primeiro lugar entre os assuntos mais comentados em todo o Brasil. A apresentadora do SBT, Maisa, repostou a mensagem de Kevin O Chris divulgando o link de uma petição online cobrando justiça. A cantora Marília Mendonça, com quase seis milhões de seguidores no Twitter, também lamentou a morte da criança, assim como a funkeira Valesca Popozuda.

Instituições prestam apoio à família

A morte de Miguel também gerou reações de diversas instituições. O coletivo Rede de Mulheres Negras de Pernambuco chamou a atenção para a questão racial do crime e a coordenadora, Mônica Oliveira, disse que estão sendo organizadas várias ações para prestar apoio à família da vítima.

Já a coordenadora executiva do Gabinete de Assessoria Jurídica às Organizações Populares (Gajop), Edna Jatobá, destacou que a morte da criança não foi uma mera fatalidade e que o fato da mãe estar trabalhando durante a pandemia do novo coronavírus era uma irregularidade. A instituição se colocou à disposição para ajudar judicialmente a família e está provocando o Ministério Público de Pernambuco para atuar firmemente no caso.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.