COVID-19

Pernambuco registra menor ocupação de leitos de UTI em 3 meses, afirma governo estadual

O Governo de Pernambuco revelou que o pico pela procura de leitos foi entre 17 a 23 de maio

Pernambuco registra menor ocupação de leitos de UTI em 3 meses, afirma governo estadual

Leitos de UTI em Pernambuco estão 87% lotados - Foto: Bianca Souza/Acervo JC Imagem

Em entrevista coletiva online, nesta segunda-feira (15), o Governo de Pernambuco divulgou que 87% dos leitos estão ocupados, sendo o menor número durante a pandemia do novo coronavírus em 3 meses, além de afirmar que não há fila de espera e 115 vagas estão disponíveis no momento para o tratamento da covid-19. Ainda de acordo com o governo estadual, o sistema de saúde teve o pico por leitos de UTI entre 17 a 23 de maio.

>>Pernambuco confirma 246 novos casos e 31 mortes pelo coronavírus

>>3 meses de coronavírus em Pernambuco: veja retrospectiva da pandemia

“Analisando os dados, é possível perceber claramente uma redução nas últimas três semanas. São números importantes, mas precisamos manter a cautela e a responsabilidade na condução dos próximos passos. A epidemia não tem se comportado de maneira uniforme em todo o Estado. Tivemos um aumento de demanda por leitos de UTI no Agreste e Zona da Mata, motivo pelo qual essas regiões não acompanharam a reabertura do varejo nesta segunda-feira, como o restante do Estado”, afirmou o governador Paulo Câmara.

O que é coronavírus?

Coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus foi descoberto em 31/12/19 após casos registrados na China.Os primeiros coronavírus humanos foram isolados pela primeira vez em 1937. No entanto, foi em 1965 que o vírus foi descrito como coronavírus, em decorrência do perfil na microscopia, parecendo uma coroa.

A maioria das pessoas se infecta com os coronavírus comuns ao longo da vida, sendo as crianças pequenas mais propensas a se infectarem com o tipo mais comum do vírus. Os coronavírus mais comuns que infectam humanos são o alpha coronavírus 229E e NL63 e beta coronavírus OC43, HKU1.

Como prevenir o coronavírus?

O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o coronavírus. Entre as medidas estão:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização;
  • Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes;
  • Ficar em casa quando estiver doente;
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com freqüência;
  • Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (máscara cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção)

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.