RETOMADA

UFPE, UFRPE e UPE lançam o semestre ‘2020.3’ para retorno das aulas

Os reitores afirmaram que as aulas serão pela internet e quem precisar de aula presencial também não será prejudicado

UFPE, UFRPE e UPE lançam o semestre ‘2020.3’ para retorno das aulas

Reitores da UFPE, UFRPE e UPE em entrevista coletiva - Foto: Jailton Júnior/TV Jornal

Com informações de Lilian Fonseca

As universidades públicas de Pernambuco criaram um período letivo excepcional, chamado de 2020.3 pelos reitores, e comunicaram em coletiva de imprensa, nesta terça-feira (28), que as aulas retornam de maneira remota pela internet para o adiantamento de disciplinas teóricas, já que o primeiro e segundo semestres deste ano estão suspensos e sem previsão de aula presencial. 

UFPE

Na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), que possui cerca de 40 mil alunos, as aulas retomam dia 17 de agosto e terão três meses de duração. De acordo com o reitor da UFPE, Alfredo Gomes, as aulas serão facultativas e as disciplinas cursadas serão aproveitadas nos currículos. Ainda segundo o reitor, os alunos que precisam cursar as disciplinas práticas presenciais para concluir o curso em 2020 não serão prejudicados.

UFRPE 

A Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) também retoma as aulas, de maneira virtual, no dia 17 de agosto. Ao todo, serão 10 semanas de duração. O reitor da UFRPE, Marcelo Carneiro Leão, anunciou também um benefício de R$ 1.380 para cerca de 3 mil alunos da UFRPE em situação vulnerabilidade. O valor será para compra de equipamentos para ter acesso as aulas virtuais.

UPE 

A Universidade de Pernambuco (UPE) volta às aulas dia 8 de setembro e o calendário excepcional segue até o dia 25 de novembro. O reitor, Pedro Falcão, afirmou a UPE estuda a elaboração de edital específico para ajudar os estudantes que não tem acesso a internet.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.