RACISMO

Motoboy sofre ofensas racistas de morador de condomínio de luxo em São Paulo; veja vídeo

O motoboy, que é negro, foi humilhado por um morador de um condomínio de luxo, que é branco, em Valinhos, São Paulo

Motoboy sofre ofensas racistas de morador de condomínio de luxo em São Paulo; veja vídeo

O motoboy, que é negro, foi humilhado por um morador de um condomínio de luxo, que é branco, em Valinhos, São Paulo - Foto: Reprodução/TWITTER

Um entregador de alimentos foi fazer uma entrega em um condomínio de luxo e sofreu ofensas racistas de um dos moradores. Nas imagens, é possível ver que o morador xinga bastante o cidadão que foi fazer a entrega e, ainda, aponta para a própria pele e diz que o profissional tem 'inveja', da pela branca dele. O caso aconteceu na cidade de Valinhos, Região Metropolitana de Campinas, no Estado de São Paulo.

Confira o vídeo

Boletim de ocorrência

O motoboy registrou um boletim de ocorrência.

Morador indiciado

O agressor foi localizado e detido pela Guarda Civil Metropolitana. Ele é contabilista e teria apenas o ensino médio completo. Além disso, ele foi indiciado criminalmente por injúria. De acordo com a nota da Guarda Civil, o caso aconteceu no dia 31 de julho, por volta das 16h35, no bairro Chácara Silvânia, em Valinhos.

Pernambuco

Infelizmente, esse tipo de comportamento racista, preconceituoso, intolerante não é só no Sudoeste do País. O mau comportamento está espalhado, entranhado na nossa sociedade. De acordo com o Presidente da Associação Motofretista de Pernambuco (AMAPE), Rodrigo Lopes, Pernambuco também já registrou casos parecidos. "Esse tipo de caso ele já vem acontecendo a bastante tempo. Aqui no Estado, temos vários relatos, por exemplo, um deles é a indireta 'tá ganhando dinheiro hoje né, negão? Como está as entregas. Está enchendo o bolso de dinheiro. Também há clientes que não querem nem saber, dizem que está pagando a entrega e ele tem que subir (no caso dos apartamentos) para entregar o pedido", disse Lopes.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.